UOL Notícias Notícias
 

06/01/2007 - 09h36

Al-Maliki rejeita críticas sobre morte de Saddam Hussein

da BBC, em Londres
O primeiro-ministro do Iraque, Nouri Al-Maliki, rejeitou as críticas da comunidade internacional sobre a execução de Saddam Hussein.
"Nós consideramos a execução do ditador um assunto interno que diz respeito apenas ao povo iraquiano", disse o premiê.

Ele acrescentou que a execução de Saddam foi implementada após um "julgamento justo de um homem que cometeu crimes vergonhosos contra o Iraque e suas instituições".



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h10

    -0,34
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h10

    1,48
    62.587,82
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host