UOL Notícias Notícias
 

08/01/2007 - 18h21

Marroquino é condenado a 15 anos por 11/9

da BBC, em Londres
O marroquino Mounir Motassadeq, considerado cúmplice nos atentados de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos, foi condenado nesta segunda-feira a 15 anos de prisão por um tribunal na Alemanha.
Trata-se da pena mais pesada prevista pela Justiça alemã e a segunda a ser imposta a um condenado pelos ataques.

Em novembro, um tribunal havia considerado Motassadeq, de 32 anos, culpado da acusação de envolvimento nas mortes de 246 pessoas que estavam a bordo de um dos quatro aviões seqüestrados. A sentença, porém, ainda não havia sido definida.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,18
    3,096
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,86
    63.521,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host