UOL Notícias Notícias
 

09/01/2007 - 15h27

ETA assume atentado que matou dois em Madri

da BBC, em Londres
O grupo separatista basco ETA admitiu formalmente nesta terça-feira que foi responsável pelo ataque a bomba que matou duas pessoas no aeroporto internacional de Barajas, em Madri, há dez dias.
No mesmo anúncio, enviado ao jornal pró-independência basca Gara, o ETA disse que o “cessar-fogo permanente&?8221;, anunciado em março do ano passado, continua em vigor.

&?8220;O ETA afirma que o cessar-fogo permanente iniciado em 24 de março de 2006 ainda está de pé. O grupo assume responsabilidade pelo ataque em Barajas&?8221;, afirma o jornal Gara.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,75
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    -0,13
    76.891,84
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host