UOL Notícias Notícias
 

09/01/2007 - 15h10

Presidente da Somália defende bombardeios americanos

da BBC, em Londres
O presidente interino da Somália, Abdullahi Yusuf, defendeu os bombardeios americanos ao país, alegando que Washington tem o direito de agir contra militantes supostamente envolvidos em ataques a suas embaixadas.
"Eles têm o direito de atacar porque alguns dos que fugiram são os que bombardearam a embaixada em Nairóbi e também na Tanzânia e um hotel em Mombassa", afirmou Yusuf, na capital Mogadíscio, retomada na semana passada das mãos de rebeldes.

"Eles são procurados e são conhecidos como terroristas. Eles destruíram embaixadas e mataram pessoas", acrescentou o presidente, que assumiu o cargo em 2004 mas iniciou na segunda-feira a sua primeira visita à capital em 20 anos.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,30
    61.087,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host