UOL Notícias Notícias
 

15/01/2007 - 09h31

Execuções são criticadas por europeus e russos

da BBC, em Londres
A execução de dois outros ex-integrantes do antigo regime iraquiano nesta segunda-feira foi criticada por autoridades européias e russas, reportaram agências de notícias.
Reunidos, o primeiro-ministro italiano, Romano Prodi, e o presidente da Comissão Européia, José Manuel Barroso, condenaram a pena de morte.

"Mantenho a mesma posição que tive em relação à execução de Saddam Hussein: a Itália é contra a pena de morte", declarou Prodi.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h50

    -0,37
    3,306
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,82
    61.675,46
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host