UOL Notícias Notícias
 

19/01/2007 - 15h18

Casal ganha direito de usar espermatozóides de filho morto

da BBC, em Londres
Um casal israelense ganhou na Justiça o direito de usar espermatozóides de seu filho, morto em 2002, para inseminar uma mulher que ele não conheceu.
O soldado morto, Keivan Cohen, foi morto na Faixa de Gaza em 2002. Os pais do soldado extraíram os espermatozóides dele após a sua morte, mesmo que ele não tenha deixado um testamento pedindo que isso fosse feito.

A família Cohen, que disse que Keivan vinha há muito tempo expressando o desejo de ter filhos, entrou na Justiça depois que o hospital se recusou a liberar os espermatozóides do soldado, que estavam sob sua responsabilidade.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,75
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    -0,13
    76.891,84
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host