UOL Notícias Notícias
 

09/03/2007 - 09h20

Fortunas no Brasil crescem acima da média mundial

BBC
O patrimônio dos bilionários brasileiros cresceu a um ritmo superior ao da média mundial, segundo a lista da revista "Forbes".

FORTUNAS NACIONAIS - LISTA FORBES
119ºJoseph SafraUS$ 6 bi
165ºJorge Paulo LemannUS$ 4,9 bi
314ºMoise SafraUS$ 2,9 bi
390ºLiu Ming ChungUS$ 2,4 bi
488ºRubens OmettoUS$ 2 bi
799ºEliezer SteinbruchUS$ 1,2 bi
Posição na lista mundialNomeFortuna
Os 20 brasileiros listados pela publicação - eram 16 no ano anterior - têm hoje US$ 46,2 bilhões, 38% a mais que os US$ 33,5 bilhões contabilizados em 2005.

Segundo a Forbes, o patrimônio dos bilionários do mundo cresceu 35% em 2006, alcançando US$ 3,5 trilhões.

A liderança do ranking brasileiro é do banqueiro Joseph Safra, que, com US$ 6 bilhões, é o 119º homem mais rico do mundo.

Atrás está Jorge Paulo Lemann, investidor na cervejaria InBev, 165º do ranking mundial e detentor de US$ 4,9 bilhões.

Uma das quatro novas posições no ranking brasileiro foi preenchida pelo empresário Moise Safra (314º no ranking geral), cuja fortuna de US$ 2,9 bilhões até o ano passado era contabilizada com a de seu irmão Joseph.

Outro novo posto foi ocupado pelo brasileiro nascido em Taiwan Liu Ming Chung (US$ 2,4 bi, 390º no ranking geral), dono de uma empresa de reciclagem de papel na China.

No ano em que a economia mundial deve crescer cerca de 5%, segundo as estimativas, o patrimônio total dos bilionários cresceu a um ritmo sete vezes mais acelerado, de acordo com a última lista da revista Forbes.
FORTUNA DE BILIONÁRIOS CRESCE SETE VEZES MAIS DO QUE ECONOMIA MUNDIAL
LEIA MAIS
Com US$ 2 bilhões e ocupando o 488º lugar no ranking geral, o empresário Rubens Ometto, outra novidade na lista, foi definido pela Forbes como "o primeiro bilionário do etanol". Ometto controla a Cosan, maior usineira de cana-de-açúcar do mundo.

Por fim, outra novidade na lista é o empresário Eliezer Steinbruch, do grupo Vicunha, que, com US$ 1,2 bilhão, ocupa o 799º posto.

Emergentes
A revista destacou que os países emergentes estão contribuindo com mais bilionários para a lista dos mais ricos do mundo.

"Na Europa, magnatas, em geral jovens, que fizeram sua fortuna do nada, estão alcançando os herdeiros e herdeiras da Alemanha, que estão envelhencendo", escreveram as editoras Luisa Kroll e Allison Fass.

A Rússia tem agora 53 bilionários, dois a menos que a Alemanha - mas os ricaços russos controlam US$ 282 bilhões, US$ 37 bilhões a mais que seus colegas alemães.

A Índia superou o Japão como principal nação de bilionários. Os indianos são representados na lista por 36 pessoas, que comandam US$ 191 bilhões.

Além disso, o 5º lugar na lista geral é o indiano Lakshmi Mittal, que tem US$ 32 bilhões graças aos recursos da Arcelor Mittal, a maior siderúrgica do mundo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,94
    3,108
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,51
    63.853,77
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host