UOL Notícias Notícias
 

20/03/2007 - 10h20

Japão cria programa para "policiar" sushi no mundo

O governo do Japão aprovou a criação de um programa para garantir a qualidade dos restaurantes japoneses fora do país.

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO
Eduardo Knapp/Folha Imagem
 
Qualidade dos ingredientes primários, incluindo arroz, molhos, temperos e bebidas japonesas, como saquê.
Conhecimentos da culinária japonesa e dos procedimentos sanitários adequados por parte dos cozinheiros e proprietários.
Atmosfera do restaurante, atendimento, qualidade das louças e do cardápio.
Preparação, sabor e apresentação dos pratos.
Capacidade de dar informações aos consumidores sobre a preparação, ingredientes e aspectos culturais da culinária japonesa.
Segundo o ministério da Agricultura, Florestas e Pesca do Japão, que criou a campanha, a falta de informação e do uso de ingredientes adequados pelos restaurantes está ameaçando a "boa imagem" da culinária japonesa.

"O número de restaurantes está crescendo rapidamente apesar de uma falta de informação sobre a comida japonesa e sem o uso de ingredientes que não só caracterizam, mas são essenciais para a culinária japonesa", disse um comunicado do ministério.

Outro problema observado pelo governo é a falta de conhecimento em alguns países sobre como lidar com peixes crus usados para preparar sushis e sashimis, o que pode resultar em sérios problemas de saúde para os consumidores.

Peixe cru
"Em lugares onde não é costume comer peixes crus, os conhecimentos e habilidades necessários para manusear, preparar e consumir o peixe fresco freqüentemente estão em falta", disse o ministério. "A possibilidade de um incidente como resultado de tais deficiências tem o potencial de prejudicar a imagem da comida japonesa."

O governo do Japão estima que existam entre 20 mil e 25 mil restaurantes japoneses fora do Japão, um número que está crescendo rapidamente.

"No momento, as indústrias agrícola, marinha e alimentícia do Japão estão tentando aumentar suas exportações e a presença nos mercados internacionais para expandir além do saturado mercado doméstico", diz o governo.

O "Programa de Recomendação de Restaurantes Japoneses Fora do Japão" irá ser administrado por organizações privadas locais, com o apoio do governo japonês.

O programa realizará avaliações de restaurantes japoneses que se inscreverem de forma voluntária. Os estabelecimentos aprovados poderão usar um logotipo especial.

Mas, apesar de ter o objetivo de proteger a tradicional culinária japonesa, o governo disse que irá levar em conta as fusões feitas com as cozinhas regionais. Uma das idéias é criar duas categorias diferentes de restaurantes japoneses, os tradicionais e os de fusão.

Alguns países, como a Tailândia, a Itália e a França, já criaram programas similares de avaliação de restaurantes japoneses.

O governo espera levar o projeto para outros países do mundo já a partir deste ano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,94
    3,108
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,51
    63.853,77
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host