UOL Notícias Notícias
 

04/04/2007 - 16h52

Crise deve afetar lucros de empresas aéreas na América Latina

Um representante da Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo) disse nesta quarta-feira que a crise aérea no Brasil deve afetar os resultados das empresas aéreas na América Latina em 2007. Segundo Brian Pearce, economista da entidade com sede em Genebra, a região como um todo deve registrar um lucro líquido de, no máximo, US$ 400 milhões neste ano e de US$ 500 milhões em 2008.

A previsão para 2006 era de um lucro de US$ 100 milhões. O resultado final do ano passado deve deve ser divulgado em maio.

Pearce disse que tem "certeza" que a crise no Brasil terá um impacto sobre as contas da América Latina como um todo, sendo uma das razões que impedem um crescimento maior.

O economista, porém, não quis fazer previsões quantificando o impacto da crise.

Varig e TAM

O setor aéreo em todo o mundo ainda se recupera de anos consecutivos de perdas depois dos ataques de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos.

A Iata avalia, porém, que 2007 vai marcar o retorno das empresas aéreas aos lucros, que devem alcançar US$ 3,8 bilhões em todo o mundo.

Pearce afirma que, no caso do Brasil, a compra da Varig pela Gol é um fator positivo.

"A solução do problema da Varig vai melhorar os números em toda a região", disse o economista da Iata.

Ele também destacou que a TAM é uma das empresas que lideram o mercado latino-americano, tendo uma parcela significativa nos lucros como um todo das empresas da região.

"A TAM, junto com a (chilena) Lanchile e a (panamenha) Copa, são as mais lucrativas", afirmou.

Segundo um comunicado da empresa, a TAM registrou um lucro líquido de cerca de US$ 396,4 milhões em 2006.

Em seus sites, a Lanchile informa ter obtido lucros líquidos de US$ 241,3 milhões em 2006, e a Copa, de US$ 134,2 milhões.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host