UOL Notícias Notícias
 

13/04/2007 - 15h59

Restaurante português é multado por explosão de lingüiça

BBC Brasil
O dono de um restaurante português de Londres foi multado nesta quinta-feira em cerca de R$ 16 mil devido à explosão de uma lingüiça flambada, que causou graves queimaduras em uma mulher em 2005.

A receita do prato tem uma medida certa para o toque final de rum - usado para atear fogo na lingüiça.

Mas o garçom exagerou na dose, provocando a explosão.

A mulher, que sofreu graves queimaduras no rosto e nas mãos após a explosão, disse que a sensação foi "como se alguém tivesse colocado um lança-chamas diretamente" no seu rosto.

Trauma
De acordo com o jornal britânico The Times, o prato já estava em chamas ao ser levado à mesa no restaurante Sporting Clube de Londres, no noroeste da capital britânica.

Pouco depois de servir, o garçom retornou à mesa para colocar mais rum, provocando a explosão da lingüiça.

A mulher passou duas semanas no hospital e até hoje sofre ataques de pânico, ansiedade e depressão devido ao que aconteceu.

O dono do restaurante, Rui Daniel Faria Velosa, foi acusado de desrespeitar normas sanitárias e de segurança.

Além de receber a multa, ele foi condenado a pagar mais aproximadamente R$ 8 mil para restituir os gastos da vítima.

De acordo com um porta-voz do restaurante português Tugga, também em Londres, o prato "precisa ser levemente flambado e, obviamente, não é perigoso. Mas você não pode colocar álcool demais".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,94
    3,108
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,51
    63.853,77
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host