UOL Notícias Notícias
 

16/04/2007 - 10h42

Príncipe retoma treinamento militar após fim de namoro

O príncipe William, segundo na linha de sucessão para o trono britânico, retornou nesta segunda-feira ao seu trabalho na base militar de Bovington, após as atribulações do fim de semana, quando foi divulgada na Grã-Bretanha a notícia do fim de seu namoro de quatro anos com Kate Middleton.

A carreira militar do príncipe, de 24 anos, e os longos períodos que passava longe de Londres, onde vive sua ex-namorada, foram citados pela mídia britânica como algumas das possíveis razões para o rompimento.

William está em treinamento para se tornar um oficial líder de tropa blindada de reconhecimento na base localizada em Dorset, no sudoeste da Grã-Bretanha.

A notícia da separação foi tomada como surpresa pelos britânicos no sábado, já que a mídia local vinha especulando há meses sobre um possível noivado entre William e Kate, de 25 anos.

Versões

O fim do namoro do neto da rainha Elizabeth 2ª permaneceu como um dos grandes assuntos da mídia britânica nesta segunda-feira, ocupando as primeiras páginas dos principais jornais do país, cada um contando sua versão para o rompimento.

O jornal Daily Mirror disse que o príncipe teria terminado o namoro com Kate pelo telefone celular na quarta-feira passada, enquanto o Sun afirma que os dois concordaram em se separar durante as férias conjuntas que tiraram em março nos Alpes suíços.

Em contraste, reportagem do Daily Mail alega que William estaria "efetivamente atuando como um homem solteiro" desde fevereiro.

No mês passado, o Sun havia publicado em sua capa uma foto do príncipe posando para uma foto em um clube noturno ao lado de uma brasileira e tocando supostamente seu seio.

Nem o premiê Tony Blair escapou da repercussão sobre o fim do namoro do filho de Charles e Diana. Em entrevista no fim de semana, ele afirmou que o casal deveria ser "deixado em paz" pela imprensa.

Outros supostos fatores para o fim do namoro, citados pela imprensa, incluem a origem social de Kate, de classe média, a interferência da família real no namoro e a pressão da intensa atenção da mídia.

Advogados da família da ex-namorada do príncipe teriam já pedido à imprensa para que não os assedie.

Kate passou o fim de semana na casa de seus pais, em Berkshire, no interior da Grã-Bretanha, enquanto que o príncipe foi fotografado em frente a um clube noturno de Londres.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,30
    61.087,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host