UOL Notícias Notícias
 

22/04/2007 - 13h39

Eleição francesa já atrai mais eleitores que em 2002

Daniela Fernandes
De Paris
O nível de comparecimento do eleitorado francês às urnas neste domingo, quando se desenrolam as eleições presidenciais do país, já superou o da votação passada, de acordo com o último boletim divulgado pelas autoridades eleitorais francesas.

Em um país onde o voto não é obrigatório, 73,8% do eleitorado já havia feito sua escolha às 17h locais (meio-dia do Brasil), quase 15 pontos percentuais acima do nível de comparecimento de 58,5% registrado em 2002.

A diferença deve aumentar ainda mais porque em grande parte do território francês, como em Paris e sua periferia, e outras grandes cidades com Marselha, Toulouse e Lyon, a votação só termina às 20h.

Esta campanha presidencial francesa está sendo uma das mais empolgantes da história recente da França, e a expectativa é de que a taxa de abstenção fique bem abaixo da registrada nas eleições presidenciais de 2002, que foi de 28,4%.

Cerca de um milhão de franceses que residem no continente americano e nos territórios ultramarinos, como a Guiana Francesa e a Martinica, votaram no sábado.

Além disso, os franceses se inscreveram em massa para escolher o futuro presidente do país. Essas eleições presidenciais registram 3,3 milhões de novos eleitores em relação à votação anterior, número superior ao crescimento demográfico da França no mesmo período.

Votação
Os principais candidatos às eleições presidenciais na França já votaram nesta manhã, acompanhados de um batalhão de jornalistas.

Nicolas Sarkozy, da direita, forte candidato nas pesquisas de opinião, foi o primeiro a votar, em Neuilly sur Seine, subúrbio elegante de Paris que comandou como prefeito até 2002.

A socialista Ségolène Royal votou em Melle, na região de Deux-Sèvres.
O centrista François Bayrou votou na cidade de Pau, no sul da França.
O candidato da extrema-direita, Jean-Marie Le Pen, votou em Saint-Cloud, uma outra periferia elegante de Paris.

As primeiras estimativas oficiais de quem disputará o segundo turno, no dia 6 de maio, serão divulgadas quando as urnas se fecharem. Os dois primeiros colocados devem ser anunciados ainda neste domingo.

A campanha eleitoral será retomada no dia 27, segundo o calendário eleitoral.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,30
    61.087,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host