UOL Notícias Notícias
 

01/05/2007 - 09h29

Venezuela assume controle de campos de petróleo no Orinoco

BBC Brasil
A Venezuela assume no dia 1º de maio o controle sobre os campos da Faixa Petrolífera do Orinoco, que são operados por empresas transnacionais em associação com a empresa estatal Petróleos da Venezuela (PDVSA).

Para entender este processo, leia perguntas e respostas elaboradas pela BBC Brasil.
ENTENDA O PROCESSO DE NACIONALIZAÇÃO DO PETRÓLEO
LEIA MAIS
Milhares de trabalhadores da indústria petrolífera venezuelana tomaram na madrugada desta terça-feira uma planta processadora de petróleo, marcando o início da chamada nacionalização dos poços de petróleo no Orinoco decretada pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

O governo venezuelano assume nesta terça-feira o controle acionário e operativo das empresas transnacionais que operam na faixa do rio Orinoco, considerada uma das maiores reservas petrolíferas do mundo.

À meia-noite, o complexo petrolífero Criogênico José, no Estado de Anzoátegui, foi ocupado por trabalhadores petroleiros que vestiam camisetas vermelhas nas quais se lia "Sim à nacionalização".

"Estamos tomando o controle da soberania petrolífera. Nacionalizando nossa indústria poderemos investir mais no nosso povo. Estamos orgulhosos", afirmou à BBC Brasil Francisco Simon Pietrit, minutos antes da ocupação.

A ação dos trabalhadores terá continuidade na tarde desta terça-feira com uma cerimônia oficial encabeçada por Chávez.
Apesar do impacto da decisão do governo venezuelano, desta vez as transnacionais não foram surpreendidas. Na semana passada, o ministério de Minas e Energia fez um acordo com essas empresas que operam na região a transferência da maioria das ações à estatal petroleira PDVSA.

Para Chávez, trata-se do fim da abertura do setor petrolífero, iniciada na década de 1980. Alguns analistas dizem que é a continuidade desta abertura, marcada pelo investimento de capital estrangeiro nos campos petrolíferos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,30
    61.087,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host