UOL Notícias Notícias
 

12/05/2007 - 17h50

Interno de Fazenda da Esperança diz não crer em Deus

Daniel Gallas
Enviado especial a Guaratinguetá (SP)
BBC Brasil
"Eu não sou católico, mas a Igreja está me ajudando a tratar do meu problema. Mas não pretendo virar católico." O relato é do jovem Fábio, de 23 anos, que está se tratando de dependência química na Fazenda da Esperança, de Manaus.

Ele e outros 80 internos de Manaus viajaram para Guaratinguetá, onde tiveram neste sábado um encontro com o papa Bento 16.

O pontífice visitou a Fazenda da Esperança de Guaratinguetá, fundada em 1983 pelo frei Hans Stapel.

O centro - que combina espiritualidade, trabalho e convivência entre os jovens para tratar dependência química - se espalhou pelo Brasil e pelo mundo.

Hoje, são 31 instituições pelo Brasil, além de centros na Alemanha, Filipinas, Rússia, África e outros países.

"Diferenças"
Fábio conta que não acredita em Deus e que mesmo o convívio com colegas e orientadores católicos não o fez mudar de idéia.

"Eu não acredito em Deus, mas isso não é importante aqui. O importante é que eles nos ensinam a amar e a conviver com humildade com os outros", disse Fábio.

"Eu não sou católico, nem pretendo ser, mas não é preciso ter uma religião para compartilhar a espiritualidade dos outros."

"Aqui eles respeitam as diferenças", diz Shalom, de 21 anos, também da Fazenda da Esperança de Manaus. "Quando a gente briga entre si, em vez de nos separar, eles nos colocam na mesma sala para discutir até se acertar."

Os jovens passam um ano na Fazenda da Esperança, onde fazem trabalhos manuais e estudam, além de atividades em equipe.

Os passeios na cidade são raros e sempre acompanhados por orientadores voluntários que trabalham nas fazendas.

Fábio e seu colega Shalom, de 21 anos, ficarão na instituição até o meio do ano. Caso se destaquem entre os colegas, poderão ficar na Fazenda e trabalhar como voluntários.

Enquanto isso, cursam o supletivo na Fazenda e se preparam para o exame vestibular no fim do ano. Fábio pretende cursar Educação Física.

"Estatística relevante"
Mesmo não sendo católico, Fábio diz se emocionar com a presença do papa na Fazenda da Esperança. "O coração bate mais forte com a presença dele aqui. É muito importante para nós", diz Fábio.

O papa foi recebido neste sábado em Guaratinguetá por internos de diversas Fazendas da Esperança em todo o país.

"Vocês devem ser os embaixadores da esperança", disse o pontífice aos cerca de seis mil jovens e convidados.

"O Brasil possui uma estatística das mais relevantes, no que diz respeito à dependência química de drogas e entorpecentes. E a América Latina não fica atrás."

"Por isso, digo aos que comercializam a droga que pensem no mal que estão provocando a uma multidão de jovens e de adultos de todos os segmentos da sociedade. Deus vai-lhes exigir satisfações."

O encontro de sábado foi o segundo do papa com jovens.

Na quinta-feira, ele havia participado de um evento no Pacaembu com cerca de 35 mil adolescentes religiosos.

Neste domingo, o papa celebra missa e faz discurso de abertura da 5ª Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe, em Aparecida (São Paulo). No fim do dia, ele volta para o Vaticano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,94
    3,108
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,51
    63.853,77
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host