UOL Notícias Notícias
 

21/05/2007 - 09h04

Lula leva apenas 'espelhinhos' ao Paraguai, diz jornal

Matéria publicada no jornal paraguaio ABC Color afirma nesta segunda-feira que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou ao país "com uma maleta cheia de promessas", mas que "não é muito o que o país pode esperar desta visita oficial".

"Lula chega com seus espelhinhos", alfineta o jornal, em alusão aos badulaques trazidos pelos colonizadores dos séculos 16 e 17 aos índios sul-americanos em troca de riquezas naturais como ouro, minérios e pau-brasil.

Na visita, o presidente brasileiro deve apresentar ao presidente paraguaio um pacote de medidas para auxiliar o sócio menor do Mercosul, e assinar acordos de cooperação nas áreas de defesa, combate à febre aftosa e incentivo aos biocombustíveis.

"Entretanto", diz o jornal, "a realidade mostra que os brasileiros vêm com uma série de promessas, que serão plasmadas em pomposos documentos pelos presidentes com canetas caríssimas, mas na prática todas são simples espelhinhos sem valor, como séculos atrás os conquistadores ganhavam a amizade e a boa vontade dos nativos".

'Vil e imperialista'

Repetindo a fórmula do domingo, quando publicou um editorial qualificando o Brasil de "país imperialista e explorador", o jornal dedica uma página inteira ao seu editorial principal, em que acusa o Brasil de praticar uma "vil exploração" nas operações bilaterais envolvendo a hidrelétrica de Itaipu.

O tratado, assinado em 1973 pelo regime militar, estabelece que a energia deve ser vendida a preço de custo. Embora a usina seja de propriedade dos dois países, por falta de infraestrutura, o governo paraguaio retira apenas 6% da produção e vende o restante ao Brasil.

Em palavras duras e exacerbado tom nacionalista, o jornal insiste que a situação injusta "conduz à violência": "Os povos jamais esquecem as injustiças a que são submetidas pelas nações mais poderosas, e mais cedo ou mais tarde fazem valer suas reclamações, como no caso do Canal do Panamá, reconquistado pelo Panamá à força".

"Um exemplo recente que o presidente Lula conhece bem é o caso da Bolívia, um país pobre e indefeso que graças à coragem e patriotismo de seus atuais dirigentes conseguiu multiplicar o preço irrisório que Brasil e Argentina lhe pagavam por seu principal recurso, o gás natural."

Para o jornal, "os governantes brasileiros, ávidos e colonialistas, não devem permitir que o roubo descarado da eletricidade paraguaia continue alimentando o ódio e o antagonismo em relação a seu povo".

Lula x Chávez

Em outros jornais, o tom é mais ameno. Para o Ultima Hora, a missão de Lula é "fortalecer a liderança (do Brasil) no sul sobre outro peso-pesado da região, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez".

O jornal recorda que as posições dos dois presidente já é conflituosa na questão dos biocombustíveis, com o presidente Lula se aliando aos Estados Unidos para incentivar a produção na região, e Chávez criticando a idéia.

O La Nación destaca que de pouco adiantará o chamado do presidente Lula a que empresários brasileiros invistam no país, porque o país não pode aproveitar o potencial hidrelétrico da usina de Itaipu.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,18
    3,096
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,86
    63.521,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host