UOL Notícias Notícias
 

17/09/2007 - 13h55

Itamaraty inicia pedido de extradição de Cacciola

Denize Bacoccina
De Brasília
Alan Marques/Arquivo Folha Imagem
Salvatore Cacciola, protagonista do caso Marka-FonteCindam, que provocou prejuízo bilionário ao Banco Central em 1999
MINISTRO NÃO SE ARREPENDE
PROCESSO PODE DURAR SEMANAS
DIPLOMATA VAI ACOMPANHAR
ENTENDA O CASO MARKA
O Ministério das Relações Exteriores enviou nesta segunda-feira à embaixada brasileira em Paris o pedido de prisão preventiva para fins de extradição ao Brasil do ex-banqueiro Salvatore Cacciola.

A partir da embaixada de Paris, o pedido será então encaminhado à Justiça de Mônaco, onde Cacciola está detido desde sábado, quando foi capturado pela polícia ao tentar entrar no principado.

O pedido de prisão preventiva é o primeiro passo para o pedido de extradição propriamente dito que, segundo o Itamaraty, será feito "proximamente".

Embora Cacciola já esteja detido, o pedido de prisão a partir do governo brasileiro mostra, segundo o Itamaraty, "o interesse brasileiro na extradição e a relevância política do caso".

Prejuízo
A embaixada de Paris também está enviando nesta terça-feira a Mônaco a ministra-conselheira Maria Laura da Rocha, a segunda na hierarquia da embaixada, para acompanhar a audiência na Justiça que vai decidir pela liberação do ex-banqueiro ou pela continuidade da detenção e possível extradição.

O pedido de extradição está sendo elaborado pelo Ministério da Justiça e será encaminhado pelo Itamaraty.

Representantes dos dois ministérios e da Polícia Federal se reúnem nesta segunda-feira à tarde para discutir os próximos passos a serem tomados pelo governo brasileiro.

Salvatore Cacciola era procurado pela Justiça brasileira desde 1999, e em 2005 foi condenado a 13 anos de prisão por peculato e gestão fraudulenta do banco Marka, do qual era proprietário, numa operação que gerou prejuízo de R$ 1,6 bilhão ao Banco Central durante a maxidesvalorização do real.

Desde 2000, ele estava foragido na Itália. Cacciola é cidadão italiano naturalizado brasileiro e por isso sua extradição foi negada pelo governo italiano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host