UOL Notícias Notícias
 

10/02/2009 - 14h40

Menina sobrevive após passar 18 minutos afogada em piscina

Uma menina de dois anos sobreviveu sem sequelas após passar 18 minutos afogada em uma piscina em Londres.

Oluchi Nwaubani surpreendeu os médicos ao chegar ao hospital praticamente sem vida e três dias depois começar a respirar sozinha.

Na época, os médicos alertaram aos pais da criança que mesmo que ela sobrevivesse sofreria graves sequelas, como perda da fala e dos movimentos.

Cinco meses após o acidente, Oluchi está totalmente recuperada e, segundo seus pais, "vive correndo pela casa".

O pai de Oluchi, Junior Nwaubani, disse que logo depois da internação da menina, médicos sugeriram que os aparelhos fossem desligados.

"Eles disseram que ela não falaria ou andaria mais, que seria um vegetal", disse o pai da menina.

"Mas ela está andando, comendo normalmente e é capaz de expressar todos os seus desejos".

Oluchi estava brincando no jardim da casa de amigos quando caiu na piscina. Ela só foi encontrada 20 minutos mais tarde, o dobro do tempo que o coração pode continuar batendo e o cérebro funcionando sem oxigênio. Os médicos acreditam que uma combinação de fatores como socorro rápido, temperatura da água e a idade da menina fizeram a diferença entre a vida e a morte.

Ao contrário da crença popular, crianças pequenas são fortes. Elas têm o coração, pulmão e cérebro muito saudáveis", disse Ffin Davies, consultor do Royal College de Pediatria e Saúde infantil. "Além disso, a água fira teria desacelerado o metabolismo do corpo e com isso é possível sobreviver por um bom tempo", explicou Davies.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h29

    -0,08
    3,166
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h37

    0,68
    76.722,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host