UOL Notícias Notícias
 

15/02/2009 - 19h27

Exército americano 'quer atrair imigrantes', diz jornal

Os Estados Unidos vão fornecer vistos temporários a imigrantes que ingressarem nas Forças Armadas do país, de acordo com artigo publicado neste domingo pelo jornal americano New York Times . Esta seria a primeira vez que tal medida seria adotada desde a Guerra do Vietnã.

Até agora, os imigrantes tinham que possuir residência permanente (o green card) para poder ingressar nas Forças Armadas.

Mas, segundo o jornal, os estrangeiros com vistos temporários vão ter seus processos de residência acelerados, se eles se alistarem. O objetivo do Pentágono é suprir deficiências nas áreas de saúde e tradução, especialmente para as zonas de combate no Afeganistão e Iraque.

"O Exército americano se vê em países onde conhecer a cultura local é crítico", disse o general Benjamin Freakley. Ele disse também que, enquanto "o Exército ganha em capital humano, os imigrantes ganham a cidadania deles".

O jornal afirma que o processo de cidadania pode ser acelerado dos atuais 10 anos em média para até seis meses. No primeiro ano, o esquema será limitado a mil recrutas e, se bem-sucedido, será ampliado.

Mas o Times afirma que alguns oficiais e veteranos se opõe à iniciativa, dizendo temer que alguns estrangeiros tenham sua lealdade dividida ou mesmo que "terroristas" se infiltrem no Exército.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h09

    -0,23
    3,132
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h19

    0,17
    64.750,46
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host