UOL Notícias Notícias
 

01/03/2009 - 07h50

Suspeito de furto é preso ao tentar entrar para a polícia nos EUA

O suspeito por um furto em uma loja da rede Kmart em Chula Vista, Califórnia, foi preso nesta semana ao tentar fazer um teste para entrar na força policial.

A polícia de Chula Vista percebeu que Romeo Montillano era o suspeito quando ele se inscreveu para o teste, dois meses depois do incidente.

De acordo com a mídia local, uma policial chegou a entrar em contato com Montillano - que estava em Las Vegas - para saber se ele pretendia fazer o exame.

Apesar da resposta afirmativa, o suspeito não compareceu à delegacia na data prevista, e os agentes passaram a desconfiar que ele sabia que, se aparecesse, seria preso.

Dias depois, Montillano explicou que teve problemas para chegar ao local pois seu carro havia sido rebocado, mas que ele ainda tentaria fazer o teste para se tornar um policial.

Nesta semana, Montillano pegou um ônibus de Las Vegas até Chula Vista, para prestar o exame.

Ao chegar à delegacia, os policiais o reconheceram imediatamente, segundo o porta-voz da polícia Bernard Gonzalez.

O suspeito assinou o registro e entrou na sala para iniciar o teste, quando foi chamado de volta por oficiais que o prenderam por suspeita de furto e de fazer ameaças criminosas aos seguranças da loja.

Ao ser preso, a primeira pergunta de Montillano foi se ele ainda poderia fazer o teste.

Diante da negativa, o suspeito perguntou se, no futuro, poderia se candidatar de novo à vaga de policial.

Montillano permanecerá detido durante as investigações sobre o furto de uma televisão, um aparelho de DVD e um telefone da Kmart. A fiança é de mais de US$ 100 mil A polícia ainda descobriu que Montillano havia sido preso em novembro, suspeito de outro roubo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h29

    -0,81
    3,292
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h32

    0,34
    61.887,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host