UOL Notícias Notícias
 

05/03/2009 - 13h50

Mãe e filha encontram corpo de 200 anos em jardim na Grã-Bretanha

Uma mulher e a filha encontraram um corpo de quase 200 anos quando plantavam amoreiras em um jardim público no vilarejo de South Brent, na Grã-Bretanha. Sheila Woods e a filha, Holly, acharam por acaso uma lápide junto a restos de caixão e esqueleto.

Primeiro encontraram uma pedra grande enterrada e resolveram continuar cavando. "Nós encontramos o revestimento de um caixão, alças, pregos e alguns ossos que, fomos informadas, eram humanos, de pernas", disse Holly Woods em entrevista ao jornal britânico South Devon Herald Express.

As mulheres chamaram a polícia, que descartou a possibilidade da ocorrência de crime.

A lápide diz que ali jaz uma pessoa que morreu em setembro de 1833, aos 36 anos, mas há letras faltando na inscrição póstuma.

Historiadores locais visitaram a área mas ficaram intrigados com o local escolhido para o sepultamento. É que o cemitério municipal fica longe do jardim público. Os policiais aparentemente têm uma teoria que pode desvendar o mistério. "A polícia disse que é possível que o cadáver não tenha sido enterrado no cemitério porque foi um caso de suicídio", disse Holly Woods, ao South Devon Herald Express .

Sheila Woods disse que vai fazer o possível para descobrir de quem é o cadáver e sepultá-lo novamente, de acordo com o jornal britânico The Daily Telegraph.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,44
    3,190
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    0,14
    76.390,52
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host