UOL Notícias Notícias
 

20/03/2009 - 11h45

Atirador fere onze perto de saída de escola na França

Um homem atirou contra um grupo de mulheres em frente a uma escola maternal na cidade francesa de Lyon, nesta sexta-feira, deixando onze pessoas feridas, segundo as autoridades locais.

De acordo com o secretário de segurança de Lyon, Xavier Furst, sete dos feridos eram mães de alunos da escola.

Entre as vítimas estava um policial que tentou intervir durante o incidente. Os ferimentos de todas as vítimas seriam leves.

O homem, que ainda não foi identificado e está sendo procurado pela polícia, estava armado com uma carabina de ar comprimido, segundo fontes ligadas à investigação.

As pessoas teriam sido feridas por estilhaços de chumbo da munição. Segundo a polícia, o homem teria disparado os tiros de um prédio situado em frente à escola.

As mulheres atingidas estavam atravessando um parque próximo à escola para buscar seus filhos.

Nenhuma criança ficou ferida porque os disparos ocorreram antes da saída dos alunos, por volta das 11h30 no horário local (às 7h30 em Brasília). Os alunos e professores estão sendo retidos na escola porque o autor dos disparos ainda não foi localizado.

A polícia de Lyon instaurou um perímetro de segurança na região, isolando completamente a área da escola e os arredores do bairro.

Há suspeitas de que o autor dos disparos possa ser uma pessoa com distúrbios mentais.

Nos últimos meses, a França foi palco de ataques cometidos por pessoas com problemas mentais contra desconhecidos.

Em um desses casos, um estudante morreu esfaqueado. Algumas das pessoas que cometeram esses crimes haviam fugido de hospitais psiquiátricos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,30
    61.087,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host