UOL Notícias Notícias
 

06/04/2009 - 07h49

Acusação de bigamia ameaça casamento de estrelas do esporte da Índia e do Paquistão

O casamento de duas estrelas do esporte da Índia e do Paquistão, que vem atraindo grande atenção da mídia local, está ameaçado depois de a polícia indiana ter interrogado o jogador de críquete Shoaib Malik por acusações de que ele já seria casado.

O casamento entre Malik, de 28 anos, e a tenista indiana Sania Mirza, de 23, está marcado para o dia 15 de abril.

Mas a polícia indiana afirmou na segunda-feira que está investigando uma denúncia apresentada pela família de uma outra indiana, que diz ter casado com o esportista paquistanês em 2002.

Em entrevistas a jornais locais no fim de semana, Malik admitiu ter participado de uma cerimônia de casamento pelo telefone em 2002 com a indiana Ayesha Siddiqui, a quem não conhecia pessoalmente.

O jogador de críquete, porém, diz ter sido enganado por ela. Ele admitiu que os dois mantinham um relacionamento à distância após se conhecerem pela internet e afirma que concordou em fazer um casamento pelo telefone após os dois trocarem fotos.

Malik afirmou ter descoberto posteriormente que as fotos que Siddiqui mandou para ele eram de outra pessoa.

"Fui levado a acreditar que a garota na foto era aquela com quem eu estava falando. A verdade é que até hoje não encontrei a garota nas fotos que Ayesha me mandou", disse.

Certificado falso O paquistanês alega que o casamento não foi válido e que o certificado de casamento apresentado pela mulher é falso. A imprensa local também questiona se a cerimônia poderia ser considerada válida pela lei islâmica.

A polícia indiana interrogou Malik por duas horas na segunda-feira e confiscou seu passaporte, dizendo que ele não deve sair da Índia enquanto as investigações estiverem em andamento.

Os dois noivos deram depois uma entrevista coletiva na qual se disseram prontos para cooperar com as autoridades indianas na investigação.

"Estou aqui para limpar meu nome, e por isso não vou deixar o país", afirmou Malik.

Mirza também manifestou seu apoio ao noivo. "Eu sei, nós sabemos qual é a verdade, e ela aparecerá. Nós confiamos na Justiça", afirmou a tenista.

Prometida Os dois haviam anunciado seu casamento na semana passada, poucas semanas após a tenista ter rompido um noivado com um homem para o qual havia sido prometida pela família.

Mirza e Malik pretendem realizar cerimônias na cidade indiana de Hyderabad, onde a tenista vive, e na cidade paquistanesa de Lahore. Eles pretendem morar depois em Dubai, mas continuar competindo por seus países.

Malik, ex-capitão da seleção paquistanesa de críquete, recebeu recentemente uma suspensão de um ano pela confederação local após ser acusado de provocar brigas internas na equipe.

Mirza, a primeira indiana a vencer um torneio profissional de tênis, em 2005, é atualmente a 92ª colocada no ranking da Associação de Tenistas Profissionais, depois de já ter alcançado a 27ª posição, em 2007.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,34
    3,176
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h23

    -0,40
    76.283,16
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host