UOL Notícias Notícias
 

18/05/2009 - 14h16

Padre que agarrou maratonista brasileiro pode enfrentar Susan Boyle

O padre irlandês Neil Horan, que agarrou o atleta Vanderlei Cordeiro de Lima quando este liderava a prova da maratona nas Olimpíadas de Atenas em agosto de 2004, foi aprovado na primeira fase do programa de talentos britânico que revelou o fenômeno da internet Susan Boyle.

Horan, que perdeu a batina em 2005, se apresentou no Britain's Got Talent, no sábado, com uma dança folclórica irlandesa.

Britain's Got Talent!

  • AFP e Reuters

    O padre irlandês Neil Horan, que agarrou o atleta Vanderlei Cordeiro de Lima quando este liderava a prova da maratona nas Olimpíadas de Atenas em agosto de 2004, foi aprovado na primeira fase do programa de talentos britânico que revelou o fenômeno da internet Susan Boyle

Ao se apresentar, Horan foi aprovado por dois dos três jurados (exceto Simon Cowell) e passou para a próxima fase do programa exibido pelo canal britânico ITV1.

Os produtores do programa afirmaram que os atos passados de Horan, como o episódio envolvendo o maratonista brasileiro em 2004 e a invasão de uma corrida em Silverstone, foram descobertos apenas depois da participação do ex-padre.

Horan participou das audições "para mostrar seu talento na dança folclórica irlandesa e seu passado foi descoberto apenas depois de sua apresentação", afirmou a companhia Talkback Thames em uma declaração.

"Em nenhum momento durante a filmagem Neil (Horan) mostrou qualquer outra motivação para estar nos testes, a não ser dançar", acrescentou a Talkback Thames. "Portanto, acreditamos que não havia razão para não mostrarmos os testes de Neil."

Horan, por sua vez, disse ao jornal britânico Daily Mirror que estava "orgulhoso por representar a Irlanda e mostrar minha dança folclórica".

Exonerado
Em 2003 Neil Horan foi preso durante dois meses por conseguir ultrapassar os seguranças no circuito de Silverstone, Grã-Bretanha, e passar entre os carros durante uma corrida usando roupas tradicionais e carregando placas com temas religiosos.

  • AP


Em agosto de 2004, vestido com o mesmo tipo de roupa, Horan invadiu a maratona nas Olimpíadas de Atenas e empurrou o corredor Vanderlei Cordeiro de Lima para a sarjeta, quando o brasileiro liderava a prova.

O episódio em Atenas pode ter roubado a medalha de ouro do Brasil. Quando foi agarrado, Vanderlei se atrasou na maratona, mas acabou completando a prova em terceiro lugar.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host