UOL Notícias Notícias
 

26/05/2009 - 05h19

Polícia prende 'Fritzl' chileno

A polícia do Chile prendeu nesta segunda-feira, em La Colina, um homem acusado de abusar sexualmente de sua filha e ter tido quatro filhas com ela, segundo jornais chilenos.

Manuel Jesús Bartierra Jara, de 48 anos de idade, foi acusado pela jovem identificada como V.B.L. de ter abusado dela desde os oito anos de idade.

A partir dos 12, ele a teria violentado sistematicamente todas as vezes em que os dois se encontravam sozinhos na casa da família, em Quilicura.

Segundo a queixa apresentada à polícia pela jovem, de 26 anos, ela teria engravidado do pai pela primeira vez aos 15 anos de idade, e teria dado à luz a primeira filha dele aos 18.

Suas filhas têm oito, sete, cinco e quatro anos de idade. A jovem vivia com o pai, a mãe, um irmão e uma irmã mais nova, e teria demorado a fazer a denúncia porque o pai ameaçava abusar de sua irmã, caso ela dissesse alguma coisa.

A Justiça agora está investigando as acusações de incesto e se a mulher de Bartierra Jara sabia dos abusos. Segundo uma fonte policial disse à imprensa chilena, V.B.L. decidiu denunciar o pai em outubro passado, temendo que ele passasse a abusar de sua filha mais velha.

O suspeito foi apelidado de Fritzl chileno, em referência ao austríaco Josef Fritzl, que manteve sua filha trancada num porão por 24 anos e teve sete filhos com ela.

Desde que o caso foi descoberto, no ano passado, outros casos semelhantes ganharam proeminência na Colômbia, na Itália e na Argentina, entre outros países.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host