UOL Notícias Notícias
 

29/05/2009 - 06h02

Inglês de oito anos é diagnosticado com tipo raro e fatal de demência

Um menino inglês de oito anos foi diagnosticado com um tipo raro e fatal de demência e já sofre com os sintomas da doença.

Ben Scott, de Yeovil, no sul da Inglaterra, sofre da doença de Niemann-Pick, um distúrbio hereditário provocado pela ausência de uma enzima que resulta no armazenamento de quantidades anormais de colesterol em alguns órgãos do corpo como o cérebro, medula óssea, fígado e baço. Esse acúmulo causa lesões que afetam os movimentos, a fala e o metabolismo de uma forma geral.

De acordo com a Fundação Nacional da Doença de Niemann-Pick, na Grã-Bretanha, o tipo fatal do transtorno afeta apenas cerca de 500 crianças no mundo.

Segundo a mãe do menino, Lyndsay Scott, foi difícil fazer o diagnóstico correto e os primeiros sintomas começaram a aparecer quando Ben tinha apenas três anos. "Ele tinha dificuldades de aprendizado e percebemos uma degeneração de seus movimentos", disse.

De acordo com os médicos, Ben não deve viver além dos 20 anos de idade e sua condição pode piorar. "Não posso nem imaginar quando ele não nos reconhecer mais e não puder mais sorrir", afirmou Lyndsay.

Atualmente, Ben vive em uma cadeira de rodas e não consegue falar ou se alimentar corretamente. "É de partir o coração. Ele aprende coisas novas e depois esquece tudo o que aprendeu. É como se o aprendizado fosse em vão", disse a mãe.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h00

    -0,08
    3,264
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h07

    1,82
    63.801,16
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host