UOL Notícias Notícias
 

17/07/2009 - 10h47

Andarilho pelado volta a ser preso na Escócia

O inglês conhecido como andarilho pelado, Stephen Gough, foi condenado a 12 meses de prisão por perturbar a paz, depois de andar sem roupas pela Edinburgh Road, na cidade escocesa de Perth, logo após ser libertado da penitenciária onde cumpriu pena por andar nu nas ruas.

O chefe de polícia de Perth, Richard MacFarlane, disse que Gough poderia ir para casa, visitar sua mãe, se concordasse em vestir roupas pela primeira vez em seis anos, mas o andarilho se recusou, comparando-se a outros mártires.

O policial então respondeu que não tinha escolha, a não ser prendê-lo novamente.

"As pessoas que trouxeram grandes mudanças ao mundo, com frequência, acabaram presos. Muitas vezes, elas passaram vários anos na prisão, antes que os outros pudessem enxergar a luz que acendiam", disse o andarilho.

Mas, depois de saber que a conta para lidar com o caso de Gough já soma centenas de milhares de libras, o chefe de polícia retrucou: "Você gostaria de fazer uma estimativa de quanto custa aos cofres públicos mantê-lo na prisão?".

"Você não se preocupa com o dinheiro público, nem com o público em geral", disse o policial.

Gough, que estava protegido por algumas telas para não ser visto pelo público, respondeu: "Alguns anos atrás ouvi falar em 200 mil libras, então, imagino que seja muito mais do que isso".

"Você não quer voltar para Eastleigh e se reunir com sua mãe? Isso não tem lógica. Eu não entendo. Que desperdício de três anos", disse o xerife.

Apesar do andarilho, de 50 anos, negar ter perturbado a paz andando pelado em público no dia 18 de junho, mas foi considerado culpado no julgamento.

Ele também foi considerado culpado por desobedecer o tribunal e condenado a quatro meses de prisão por se recusar a vestir uma roupa antes do julgamento.

Gough argumenta que está mantendo seus princípios. "Estou fazendo o que acredito ser certo. Estou tentando botar em prática aquilo no que acredito profundamente", disse ele.

"Se você tem fortes convicções, então tem que enfrentar dificuldades. É isto que preciso enfrentar. Estou ficando mais certo de mim mesmo do que o contrário." O xerife então perguntou: "o que você conseguiu desde outubro de 2003? Você é um motorista de caminhão desempregado. Você não estaria servindo seu país melhor se voltasse para trás do volante e fizesse seu trabalho?".

"Você passou apenas alguns minutos em liberdade antes de ser preso de novo. Você aceitaria liberdade condicional, sob a condição de que tem que permanecer vestido em público?" "Não, não aceitaria", respondeu o andarilho que já foi condenado algumas vezes por andar nu em público durante várias caminhadas pela Inglaterra.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h09

    0,46
    3,172
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h11

    0,23
    74.616,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host