UOL Notícias Notícias
 

24/08/2009 - 12h13

Fazendeiros britânicos alertam sobre perigo de ataque de vacas

Sindicatos de fazendeiros britânicos estão alertando pessoas que passeiam no campo sobre os perigos relacionados a vacas. Três pessoas morreram em três meses no país pisoteadas por gado e muitas outras ficaram feridas. Muitos dos que foram atacados eram donos de cachorros, que acabaram encontrando vacas com seus bezerros nos campos. As vacas tendem a defender seus filhotes, especialmente quando há cães por perto. Organizações de fazendeiros dizem que se as pessoas não aprenderem como lidar com uma situação potencialmente perigosa, mais gente vai sofrer ataques do tipo. "Se alguém é cercado por gado, é preciso soltar o cachorro, porque as vacas estão tentando se proteger e elas veem o cachorro como o inimigo", diz Ed Rees, do Sindicato Nacional de Fazendeiros do País de Gales. Vítimas O ex-ministro do Interior britânico David Blunkett, que é cego, foi pisoteado enquanto andava com seu cão-guia no início do ano. A cadela conseguiu escapar sem ferimentos, mas Blunkett teve três costelas quebradas e várias contusões. "Na hora do pânico, é preciso pensar como você vai sair daquela situação. Eu tentei ficar calmo, mas é complicado quando os animais estão em cima de você", disse Blunkett. "Isso (o ataque) fez com que eu percebesse a gravidade da situação. Eu recebi dezenas de cartas de pessoas que ficaram feridas e de parentes de outras que morreram atacadas por animais no campo." Peter Hallam é mais uma dessas vítimas. Ele foi pisoteado por vacas quando levava seus cachorros para passear, no condado de North Yorkshire (norte da Inglaterra), no ano passado. Ele sofreu ferimentos graves. O piloto do helicóptero de emergência teve de manter as vacas à distância, enquanto os paramédicos tentavam salvar a vida dele. "Eu achei que não iria sobreviver. Tentei me levantar duas vezes, ganhar espaço, mas que naquela altura já havia muitas vacas ao redor", conta Hallam. Com a recessão, cada vez mais britânicos trocam as férias em outros países por um descanso no campo. Os fazendeiros dizem que não querem assustar os visitantes das zonas rurais, mas que eles precisam tomar os cuidados necessários.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,68
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,44
    64.861,92
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host