UOL Notícias Notícias
 

02/09/2009 - 14h54

Rio 2016 tem apoio popular, mas acomodação preocupa, diz COI

Em um relatório publicado nesta quarta-feira, o Comitê Olímpico Internacional (COI) elogiou o amplo apoio governamental e popular à candidatura do Rio de Janeiro para sediar as Olimpíadas de 2016, mas disse que a falta de estrutura hoteleira pode ser um obstáculo para a realização dos jogos na cidade.

De acordo com o documento, além do número de quartos de hotéis disponíveis no Rio ser considerado relativamente baixo, a questão da segurança também preocupa o COI.

Para tentar solucionar a questão da estrutura hoteleira, o Rio de Janeiro apresentou um plano em que seis navios de cruzeiro seriam utilizados para acomodar turistas, além de uma vila, que seria construída para hospedar os visitantes.

Para o COI, no entanto, este plano "requisitaria uma atenção especial tanto no planejamento como na execução".

"A dificuldade de obtenção de garantias a respeito dos navios, sete anos antes dos jogos, aumenta a pressão para que o Rio cumpra as exigências", diz o relatório.

Segundo o documento, a disputa entre as quatro cidades candidatas para sediar os jogos - Rio de Janeiro, Chicago, Madri e Tóquio - está equilibrada e todas elas continuam sendo fortes concorrentes.

Possibilidades O comitê também afirmou que a implementação da nova estrutura de transportes planejada pelo Rio de Janeiro é fundamental para que a cidade seja sede das Olimpíadas.

Outro ponto a favor do Rio de Janeiro é que, em mais de um século, os Jogos Olímpicos nunca aconteceram em uma cidade da América do Sul.

"O Rio oferece a tentadora oportunidade de estar em outro continente e a possibilidade de se realizar o maior carnaval de todos os tempos" afirma o comentarista da BBC Matt Slatter.

A candidatura do Rio é uma das que tem maior apoio entre os moradores da cidade, com 84,5% sendo a favor da realização das Olimpíadas no local, segundo uma pesquisa do COI.

Mesmo assim, fica atrás de Madri, que apresenta 84,9% de aprovação de sua população.

Outros concorrentes Mas na capital espanhola, o planejamento e a estrutura administrativa dos jogos foram criticados. Segundo o relatório, o comitê organizador de Madri "não demonstrou total compreensão da necessidade de delinear claramente os papéis e responsabilidades".

O plano compacto da candidatura de Chicago foi elogiado pelo COI, com a maior parte dos estádios a um raio de 8 km do centro da cidade, mas o transporte público foi visto como um desafio, já que os trens que ligam o centro aos subúrbios teriam que dobrar sua capacidade nos horários de pico durante os jogos.

Em Tóquio, o relativo baixo apoio dos moradores à candidatura preocupou o COI, bem como a garantia de quartos de hotéis a um preço razoável apenas durante o evento.

O documento foi divulgado depois de treze integrantes do COI terem visitado as cidades candidatas durante abril e maio passado e é uma avaliação técnica das quatro candidatas.

O relatório agora será enviado aos membros do COI, um mês antes da votação final que irá decidir a sede das Olimpíadas de 2016, no próximo dia 2 de outubro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,22
    3,175
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h02

    0,93
    65.277,68
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host