UOL Notícias Notícias
 

02/10/2009 - 15h57

Deodoro se divide entre sonho olímpico e realidade de subúrbio

O bairro de Deodoro, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, não teve o mesmo destaque da Zona Sul na campanha da cidade para ser sede dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. Mas, com a realização da Olimpíada no Brasil, este subúrbio de classe baixa e infraestrutura precária será um dos pontos centrais de um dos maiores eventos do esporte mundial.

De acordo com o projeto Rio 2016, Deodoro será a segunda principal sede dos Jogos Olímpicos. "Deodoro sediará, como já sediou nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007, o tiro esportivo, o hipismo e o pentatlo moderno", diz José Roberto Gnecco, assessor do Ministério dos Esportes.

"Sediará também esgrima, as eliminatórias de hóquei sobre a grama e de tiro com arco e as competições de esportes radicais", acrescenta Gnecco.

Toda a infraestrutura esportiva da região se deve a presença maciça - desde os tempos do Império - de diversos quartéis e centros de treinamento das Forças Armadas. Exatamente por isso, Deodoro é sede das modalidades olímpicas que mais tem relação com os esportes praticados por militares.

Contraste Nas instalações militares de Deodoro, também são treinados jovens da região com potencial de se tornarem atletas de alto nível, mas que tem dificuldades bem maiores para encontrar apoio do outro lado dos muros destes centros de excelência.

O nadador William Muniz, de 16 anos, está entre aqueles que sonham em participar de uma Olímpiada, principalmente no Brasil, mas diz que não é fácil ser esportista morando em um subúrbio carioca.

"Tem escolas que dão apoio para os esportes, mas a minha é estadual e não investe nada", diz o jovem. "Tanto que eu sou o único atleta da escola." Todos os moradores de Deodoro com os quais a BBC Brasil conversou disseram que gostariam de ver a Olimpíada no Rio de Janeiro, mas também pediram mais atenção aos problemas da comunidade onde os Jogos serão realizados.

"É bom e não é", diz a comerciante Adriana Tourinho. "Por um lado, acho que o Brasil merece, sim, ter uma Olimpíada, mas a gente precisa de tanta coisa aqui em Deodoro para eles ficarem gastando dinheiro com isso." Manutenção A irmã de Adriana, Viviane Tourinho, faz coro reclamando que algumas medidas bem simples poderiam resolver problemas que atrapalham demais a vida dos moradores.

"Tem buraco de rua, tem esgoto entupido, tem a grade da quadra de futebol toda rasgada e mais um monte de besteirinhas que são fáceis de arrumar, mas que ninguém faz", diz.

Os moradores também reclamam que, mesmo com todo o incentivo dado ao esporte na região, as quadras e equipamentos de lazer do bairro continuam em péssimo estado.

"Nosso campo de futebol era para ser de grama sintetica e até hoje nada, e a quadra está neste estado lamentável", diz o secretário-geral da Associação de Moradores do Conjunto Habitacional Pro-Morar, Jorge Rosa Cruz.

Ele diz que, no caso do Pan-Americano de 2007, a comunidade não foi beneficiada ao fim dos Jogos porque as instalações construídas para a competição ficaram fechadas depois.

Infraestrutura Cruz afirma que os atletas e visitantes estrangeiros que assistirão às competições na região não vão nem chegar a perceber os problemas do bairro.

"Eles vão para lá e para cá em pistas expressas, com batedores, e nem veem nossa mazelas", diz.

Mas as autoridades afirmam que a comunidade de Deodoro - e toda a cidade do Rio de Janeiro - será beneficiada pelas obras feitas para a Olimpíada.

O gestor do Centro de Esportes em Deodoro, o coronel reformado Sergio Perdigão Bernardes, diz que a maior parte do dinheiro é investido em infraestrutura geral, e não em equipamento esportivos.

"Muitos projetos que tem a ver com infraestrutura da cidade, como transporte e saneamento, acabam sendo retirados da gaveta quando existe a oportunidade de um evento desses", afirma Bernardes. "Na verdade, apenas 5% a 10% do investimento total acaba em equipamentos esportivos."

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h49

    -0,73
    3,259
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h55

    1,28
    64.035,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host