UOL Notícias Notícias
 

25/12/2009 - 10h38

Papa Bento 16 é derrubado antes de celebrar missa de Natal

O papa Bento 16 foi derrubado, na noite desta quinta-feira, por uma jovem de 25 anos que rompeu a barreira de segurança que protegia o pontífice. O ataque aconteceu no momento em que o papa entrava na Basílica de São Pedro para celebrar a Missa do Galo. O pontífice não se feriu.

De acordo com o correspondente da BBC em Roma, David Willey, houve um princípio de pânico no momento da queda, mas, ajudado pelo mestre-de-cerimônias que estava ao seu lado, o papa se levantou e prosseguiu em direção ao altar.

O incidente durou apenas alguns segundos e o papa, que tem 82 anos de idade, prosseguiu no corredor da basílica e proferiu sua homilia com uma voz firme, de acordo com o correspondente da BBC.

A mulher foi identificada pelo Vaticano como Susanna Maiolo, de 25 anos. Ela teria dupla-cidadania, italiana e suíça.

Ela foi descrita como "instável" e no ano passado teria tentado atacar Bento 16, também na Missa de Natal.

A mulher que tentou furar o bloqueio também derrubou o cardeal francês Roger Etchegaray, de 87 anos, que foi levado para um hospital, onde foi constatada uma fratura no fêmur.

Um porta-voz do Vaticano afirmou que a mulher parecia mentalmente instável. Ela foi presa e está sendo interrogada pela polícia.

A Missa do Galo, que costuma ser celebrada às 0h do dia 25 de dezembro, foi adiantada em duas horas neste ano para poupar a saúde do pontífice.

Segundo um porta-voz do Vaticano, a decisão de adiantar a tradicional cerimônia teve o objetivo de "tornar o Natal menos cansativo para o papa, que tem muitos compromissos".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host