UOL Notícias Notícias
 

31/12/2009 - 21h31

Ano Novo é recebido pelo mundo com festa e fogos

Diversos países ao redor do mundo prepararam grandes festas e realizaram uma série de eventos comemorativos para saudar a chegada de 2010.

O Ano Novo começou primeiro no Pacífico Sul. À meia-noite na Nova Zelândia, um grande espetáculo de fogos de artifício teve início na Sky Tower, em Auckland.

Uma exibição ainda maior ocorreu na Baía de Sydney, na Austrália, onde mais de quatro toneladas de explosivos criaram um show de luz e cor no céu sobre a famosa ponte da cidade.

Estima-se que a multidão na área da baía chegou a 1,5 milhão. O show é parte de uma festa que custou aos cofres públicos US$ 4,5 milhões.

As autoridades locais estimam que as imagens foram vistas pela televisão por até 1 bilhão de pessoas em todo o mundo.

Exibição "mágica" A capital japonesa, Tóquio, recebeu 2010 no estilo tradicional: com o som dos sinos dos templos da cidade tocados à meia-noite.

O templo de Sensoji, um dos mais antigos de Tóquio, foi enfeitado com faixas e cartazes com mensagens de um feliz ano novo para os visitantes.

Na maior parte da China, que dá preferência para a celebração do Ano Novo Lunar, nenhum grande evento estava planejado para a virada do ano.

Mas em Hong Kong cerca de 500 mil pessoas lotaram a região da orla para assistir à queima de fogos lançados do alto dos arranha-céus da ilha.

Rússia Em Moscou, apesar de uma forte nevasca e das temperaturas de cerca de 10° C abaixo de zero, uma série de celebrações foi organizada na Praça Vermelha.

Mais de 120 mil russos se reuniram na praça para um show de fogos de artifício.

Em um discurso à nação, o presidente russo, Dmitri Medvedev, agradeceu a população por enfrentar a crise econômica e falou de valores da família.

"O ano passado não foi muito fácil para nosso país, e gostaria de agradecer a todos por enfrentar juntos", disse.

"Nosso sucesso no ano novo depende do que cada um de nós fará pelo país e pela família", afirmou Medvedev no tradicional discurso de encerramento de ano. Paris Na França, o presidente Nicolas Sarkozy também citou a crise econômica em um pronunciamento à nação transmitido pelo canal de televisão France 2 antes da virada do novo ano.

"Esse ano que está terminando foi difícil para todas. Nenhum continente, nenhum país, nenhum setor passou ileso", disse o presidente.

"Nossos desafios ainda não terminaram, mas 2010 será um ano de renovação", afirmou Sarkozy.

O presidente disse ainda que a França sofreu menos que outros países e prestou uma homenagem à coragem do povo francês em enfrentar a crise.

Na virada do ano, milhares se reuniram em volta da Torre Eiffel, em Paris, para um show de luzes e música que foi classificado pelas autoridades francesas como uma exibição "única e mágica".

O criador do espetáculo na capital francesa, Bernard Schmitt, disse à agência de notícias AFP que o objetivo da festa era transformar a torre em "uma gigante árvore de Natal com enfeites vistosos".

Réveillon londrino A virada de ano em Londres foi preparada em torno da roda gigante do London Eye nas margens do rio Tâmisa. Os moradores da capital britânica saíram de casa para as comemorações, apesar da previsão de temperaturas perto de zero.

Em Nova York, a praça de Times Square se preparou para receber um público estimado em 1 milhão de pessoas para a tradicional contagem regressiva para a chegada de 2010.

A segurança no centro da cidade foi reforçada, e as pessoas eram proibidas de se aproximar de Times Square com mochilas ou grandes sacolas.

"Nós supomos que Nova York é o alvo número um para terroristas nos Estados Unidos", justificou o comissário de polícia da cidade, Raymond W. Kelly, em entrevista ao jornal The New York Times.

Lua Azul Em algumas regiões do mundo, o Ano Novo será festejado ainda com um evento conhecido como "Lua Azul", que nada tem haver com a cor, mas significa a segunda lua cheia em um mês.

O último Ano Novo com a Lua Azul aconteceu em 1990 e acontecerá novamente somente em 2028.

A Lua Azul de Ano Novo poderá se vista nos Estados Unidos, Canadá, Europa, América do Sul e África. Na Ásia e na Austrália, o fenômeno acontecerá no 1º dia de 2010.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host