UOL Notícias Notícias
 

06/01/2010 - 12h31

Premiê aceita renúncia de ministro das Finanças no Japão

O primeiro-ministro do Japão, Yukio Hatoyama, indicou nesta quarta-feira o vice-primeiro-ministro para o cargo de ministro da Fazenda, depois da renúncia de Hiroshisa Fujii, de 77 anos, por questões de saúde. Naoto Kan vai substituir Fujii em um momento delicado para o Japão, que sofre com problemas na economia e uma grande dívida pública. O primeiro-ministro Hatoyama já tinha deixado claro que não queria a renúncia de Fujii, um dos poucos ministros experientes de seu gabinete de governo. De acordo com o correspondente da BBC em Tóquio, Roland Buerk, a renúncia de Fujii será um golpe para o governo do Japão, que tomou posse em setembro em uma coalizão liderada pelo Partido Democrático de Hatoyama. Internação Fujii sofre de hipertensão e foi internado na semana passada. O ex-ministro já tinha dito a jornalistas que estava exausto depois de semanas discutindo o orçamento com a coalizão de governo do país. O político apresentou sua renúncia depois de uma reunião do gabinete. Fujii teve que deixar o hospital onde estava internado para participar do encontro. Hiroshisa Fujii era visto como um ministro a favor da contenção fiscal, que enfrentava os partidos menores da coalizão de governo, que são a favor de maiores gastos. O Partido Democrata venceu com folga as eleições em agosto prometendo uma guinada à esquerda depois de meio século de domínio dos conservadores no governo do Japão. Mas o primeiro-ministro Hatoyama já enfrenta críticas e é acusado pela oposição de ser muito indeciso.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h49

    -0,33
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h54

    1,44
    62.564,23
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host