UOL Notícias Notícias
 

15/01/2010 - 09h29

Ex-militar que perdeu pernas recebe prêmio de paraquedista britânico do ano

Um ex-militar britânico que perdeu as duas pernas em 1992 receberá o prêmio de Paraquedista Britânico do Ano neste sábado, após se tornar bicampeão nacional de saltos livres.

Alistair Hodgson, de 39 anos, perdeu as duas pernas após pisar sobre uma mina terrestre supostamente instalada pelo grupo separatista IRA (Exército Republicano Irlandês) quando procurava um esconderijo de armas em County Tyrone, na Irlanda do Norte.

Sua perna esquerda foi arrancada logo abaixo do joelho pela explosão, enquanto sua perna direita ficou tão machucada que precisou ser amputada logo abaixo do quadril.

Logo após ser ferido, Hodgson chegou a pedir aos companheiros militares que o acompanhavam que lhe dessem um tiro de misericórdia, por estar sofrendo com a dor provocada pelos ferimentos.

Após vários anos de operações e de reabilitação, ele começou a praticar paraquedismo em 2000 e se tornou campeão nacional.

'Coisa fantástica' O prêmio de paraquedista do ano será entregue a ele neste sábado pela Associação Britânica de Paraquedismo.

"Não sei se é algo dentro de mim, mas acho que todo mundo tem um pouco disso, de estar sempre lutando para melhorar", afirma Hodgson.

"Tive uma oportunidade de fazer isso após perder minhas pernas, e tive uma oportunidade de ver o que ainda é possível e o que eu ainda podia fazer", diz.

Segundo ele, ter começado a saltar de paraquedas, há quase dez anos, foi "a coisa mais fantástica" que já fez.

Hodgson compete ao lado da mulher, Pixie, de 40 anos. Além do bicampeonato nacional, eles conseguiram o 5º lugar no último campeonato mundial da modalidade.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,68
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,44
    64.861,92
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host