UOL Notícias Notícias
 

16/03/2010 - 14h40

Polícia italiana prende mafioso com ajuda de Facebook

A polícia da cidade de Crotone, no sul da Itália, prendeu na madrugada desta terça-feira Pasquale Manfredi, considerado um dos mafiosos mais perigosos do país, após descobrir que ele usava a internet e tinha um perfil no site de relacionamentos Facebook.

Os agentes da polícia de Crotone, que fica na região da Calábria, chegaram até Manfredi, que estava foragido desde novembro de 2009, graças à placa de rede que o mafioso usava para se conectar à internet.

A polícia descobriu seu esconderijo e conseguiu prendê-lo após interceptar sua linha telefônica.

Copiando o nome de um filme de Brian De Palma, cujo protagonista, o ator Al Pacino, era um traficante de drogas, Pasquale Manfredi, de 33 anos, usava o nome "Scarface" para se identificar em sua página na rede social Facebook.

De acordo com um comunicado oficial da polícia, Manfredi usava o Facebook para se divertir e trabalhar. Não foram fornecidos maiores detalhes sobre o perfil do mafioso na rede social.

Prisão
Segundo a polícia, no momento da prisão, Manfredi tentou fugir pelo teto do apartamento onde se encontrava, no segundo andar de um prédio.

Considerado um dos chefões da Ndrangheta, a máfia calabresa, Manfredi é acusado de associação mafiosa, homicídios, extorsão, tráfico de drogas e porte ilegal de armas. Seu possível envolvimento em outros crimes está sendo agora investigado pela polícia.

Manfredi estava foragido desde dezembro do ano passado e estava na lista dos 100 homens mais perigosos procurados pela Justiça italiana.

Ele foi descrito pelos investigadores como um criminoso "frio e cruel".

Armas de guerra
A polícia afirma que Manfredi teria usado armas de guerra em alguns dos crimes dos quais é acusado, como uma bazuca em um assassinato cometido em outubro de 2004.

De acordo com a polícia, ele teria aprendido a usar este tipo de armamento após ter frequentado um curso na região norte da Itália.

A Ndrangheta é considerada a organização mafiosa mais perigosa da Itália, segundo o procurador Piero Grasso.

"A Ndrangheta é o problema mais sério e importante, por sua capacidade de gerar lucros por meio do tráfico de drogas e também de tráficos mais modernos, como o de lixo e de mercadorias falsas", declarou o procurador à imprensa italiana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,71
    3,127
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,37
    64.938,02
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host