UOL Notícias Notícias
 

23/03/2010 - 07h38

Grã-Bretanha vai expulsar diplomata israelense por causa de passaportes falsos

A Grã-Bretanha vai expulsar um diplomata israelense devido à falsificação de passaportes britânicos no incidente que resultou no assassinato de um comandante do Hamas em um hotel em Dubai. A informação foi levantada pela BBC nesta terça-feira.

O ministro de Relações Exteriores, David Miliband, deve fazer um pronunciamento no Parlamento nesta terça-feira. Miliband exige que Israel coopere com a investigação sobre o assassinato de Mahmoud al-Mabhouh, no dia 19 de janeiro.

Israel afirma que não há provas de que seus agentes secretos estão por trás do assassinato.

Doze passaportes falsos da Grã-Bretanha foram usados pelos assassinos de al-Mabhouh, um dos fundadores do braço armado do Hamas.

No mês passado, o ministro britânico havia dito que o uso dos passaportes falsos era "revoltante" e prometeu desvendar todo o caso através de uma investigação.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host