UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 10h09

Sul-coreana diz ter escalado os 14 picos mais altos do mundo

Uma alpinista sul-coreana alcançou o topo do pico Annapurna, no Nepal, e diz ser a primeira mulher a escalar as 14 montanhas mais altas do mundo.

Oh Eun-Sun, de 44 anos, apareceu ao vivo na televisão sul-coreana, colocando a bandeira do país no topo da montanha nepalesa. Ao chegar ao topo, Sun ergueu os braços e agradeceu, emocionada.

De acordo com o jornal The Korea Times, Sun começou suas escaladas há 13 anos, chegando ao topo do Gasherbrum 2, a 8.035 metros, um dos 14 picos com mais de 8 mil metros de altura do mundo, em julho de 1997.

Em 2004 ela escalou o Everest, a montanha mais alta do mundo com 8.848 metros de altura. E, nesta terça-feira, Sun conquistou o Annapurna, de 8.091 metros de altura, o décimo mais alto do mundo, porém considerado um dos mais perigosos.

Esta foi a segunda tentativa de Sun. Ela desistiu da escalada do Annapurna em outubro de 2009, devido ao clima na ocasião.

Com 1,54 metro de altura e pesando apenas 50 quilos ela chegou ao topo sem levar suprimentos de oxigênio por volta das 18h16, 13 horas e 16 minutos depois de ter deixado o acampamento, de acordo com o The Korea Times.

Ceticismo A competidora que mais se aproximou de Oh Eun-Sun, a alpinista espanhola Edurne Pasaban, se mostrou cética em relação a uma das conquistas da sul-coreana, a escalada do pico Kangchenjunga em maio de 2009, o terceiro mais alto do mundo. A espanhola já escalou 13 montanhas acima de 8 mil metros e o próximo pico deve ser o monte Shsha Pangma.

Pasaban alega que não é possível identificar a foto de quando Sun chegou ao topo daquela montanha, pois estava muito nublado. Sun, no entanto, rejeita a alegação da alpinista espanhola.

"Posso dizer que estive no topo do monte Kangchenjunga", disse Sun em uma entrevista coletiva em Seul em 2009. "O tempo estava ruim. Três sherpas me disseram que eu tinha chegado ao topo e um deles tirou a foto." O reconhecimento da façanha de Sun depende agora do veredito final de Elizabeth Hawley, aceita como a avaliadora oficial das escaladas nas montanhas do Himalaia.

Hawley de 86 anos, baseada em Katmandu, analisa os dados de todos os alpinistas que fazem escaladas no Nepal.

A americana marcou a escalada de maio de 2009 realizada por Sun como "questionável" e acrescentou que Sun e o sherpa que a acompanhava precisarão ser questionados novamente a respeito daquela escalada quando retornarem do Annapurna.

Mesmo assim, a escalada de Sun ao Kangchenjunga continua registrada no banco de dados do Himalaia, então ela poderá ficar com o recorde.

No entanto, se as investigações mais detalhadas de Hawley levarem a uma mudança no status da escalada de 2009, para "não reconhecida", Sun não será reconhecida internacionalmente como a primeira mulher a ter escalado os 14 picos acima de 8 mil metros de altura.

Entre os homens, 14 alpinistas escalaram os 14 picos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host