UOL Notícias Notícias
 

30/04/2010 - 11h10

Relembre gafes clássicas de políticos capturadas pelo microfone

Da BBC

Na última quarta-feira, o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, foi flagrado chamando uma eleitora com quem acabava de conversar de "preconceituosa".

O premiê não é o primeiro político ou personalidade pública a ser flagrado ao microfone dizendo algo de que se arrependeria mais tarde. Veja alguns exemplos notórios.

George W. Bush - 'Yo Blair'

O ex-presidente americano deixou várias gafes famosas, mas talvez a mais reveladora tenha acontecido quando, durante um encontro do G8, ele saudou seu velho aliado, o então primeiro-ministro britânico Tony Blair, com as palavras "Yo Blair".

A saudação, gíria comum usada por gangues de adolescentes americanos, pode ser interpretada como desrespeitosa ou excessivamente íntima. Qualquer que seja a interpretação, não é apropriada para uso, em público, entre dois chefes de Estado.

A gravação não estava muito clara e alguns negam que Bush tenha usado essas palavras, mas, aparentemente, o ex-presidente teria dito também que ia colocar pressão sobre a Síria para que o país acabasse com os ataques de militantes libaneses contra Israel. "O que eles precisam é fazer com que a Síria faça o (grupo militante) Hezbollah parar de fazer essa m...".

Outro escorregão famoso de Bush foi ter chamado o repórter Adam Clymer, do jornal americano New York Times, de "major-league asshole".

A palavra, muito grosseira, pode ser traduzida como "idiota" ou "imbecil". No entanto, em tradução literal, quer dizer "ânus".

Mais tarde, comentando a gafe, Bush se justificou: "Eu disse o que eu disse. Sou uma pessoa direta".

Príncipe Charles - 'Gente Maldita'

Em uma demonstração de que a realeza não está imune ao perigo do microfone, o príncipe Charles, da Inglaterra, foi flagrado fazendo comentários sobre um repórter da BBC durante uma seção de fotos em uma estação de esqui em 2005. Charles, que estava acompanhado dos filhos, William e Harry, disse: "Gente maldita, não suporto aquele homem. Ele é tão desagradável, realmente".

Ronald Reagan - 'Bombardearemos a Rússia'

Conhecido por suas piadas, o ex-presidente americano Ronald Reagan estava se preparando para seu discurso semanal no rádio, em 1984. Com o microfone ligado, Reagan disse: "Companheiros, tenho o prazer de dizer a vocês que assinei uma lei que acabará com a Rússia. Começaremos a bombardear em cinco minutos.”

Jesse Jackson - 'Cortar seus testículos'

Durante a campanha presidencial de 2008, o reverendo Jesse Jackson pediu desculpas ao então candidato democrata, Barack Obama, por ter criticado a forma como Obama tem se dirigido à comunidade negra.

Jackson, que apoiou Obama, disse que queria cortar os testículos do democrata, sem saber que o microfone captou os comentários dele.

Jacques Chirac – “Doença da vaca louca”

Em um encontro com líderes de Alemanha e Rússia em 2005, o ex-presidente francês Jacques Chirac fez comentários pouco elogiosos sobre os britânicos.

"A única contribuição deles para a agricultura europeia foi a doença da vaca louca. Depois da Finlândia, é o país com a pior comida. Você não pode confiar em um povo com uma cozinha tão ruim."

Na ocasião, um porta-voz britânico disse que "certas coisas é melhor não comentar".

Rubens Ricúpero – Escândalo da parabólica

O ex-ministro da Fazenda Rubens Ricupero renunciou ao cargo em setembro de 1994 após o vazamento de uma conversa com um jornalista da Rede Globo, episódio conhecido como “escândalo da parabólica”.

"Eu não tenho escrúpulos: o que é bom a gente fatura, o que é ruim a gente esconde", disse ele.

Lula – Pelotas

Começou a circular em 2006 um vídeo no qual o presidente Lula é flagrado fazendo uma brincadeira com um militante petista, na qual comenta que "Pelotas é a cidade polo, né? Exportadora de veados, né?"

O militante, sem graça, comenta, a ironia:

“320 mil habitantes... Tudo Lula, lá...”.


 

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host