UOL Notícias Notícias
 

08/05/2010 - 17h35

Itália realiza feira especializada em divórcio

Teve início neste sábado na cidade italiana de Milão o primeiro dos dois dias de uma feira especializada em divórcio, a primeira do gênero realizada no país. Os organizadores dizem que o evento quer ajudar casais, que desejam o divórcio, tanto a resolver a burocracia legal como reiniciar novas vidas.

Os serviços incluem treinamento de gerenciamento pessoal, dicas de beleza e aconselhamento sobre como se livrar de ex-parceiros que se tornam indesejáveis.

A feira, 'Ex? Punto e a Capo', ou algo como 'Virando a Página', inclui palestras e estandes sobre o processo de separação e como se adaptar novamente com a vida de solteiro.

Está programado um evento de encontros rápidos (ou speed dating, em inglês, no qual solteiros, homens e mulheres, tem alguns minutos para se conhecer) e outro de terapia artística.

Além disso, a feira conta com um spa que, segundo os organizadores, ajudaria a recuperar a auto-estima.

O fundador do evento, Franco Zanetti, disse que inspirou-se em feiras similares da Áustria, adaptando a ideia para os padrões italianos.

"Nós italianos não estamos acostumados com o divórcio, ainda é visto como algo negativo", disse ele.

"Portanto queremos ajudar as pessoas a recomeçar, aprendendo com os erros do passado." Correspondentes dizem que não é muito simples se divorciar na Itália. Embora permitido por lei desde a década de 1970, um divórcio costuma levar três anos, dois de separção e um de procedimentos legais.

Além disso, a prática é condenada pela Igreja, instituição ainda bastante respeitada no país.

Apesar disso, mais de 130 mil casais se separaram ou divorciaram-se na Itália em 2007.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host