UOL Notícias Notícias
 

15/05/2010 - 13h41

Irmãos disputam liderança do Partido Trabalhista na Grã-Bretanha

O ex-ministro de Energia da Grã-Bretanha, Ed Miliband, anunciou neste sábado que concorrerá ao cargo de líder do Partido Trabalhista. Ed disputará a vaga contra seu irmão David, o ex-ministro das Relações Exteriores que anunciou sua candidatura esta semana.

Ed e David disputarão a liderança do Partido Trabalhista depois que o ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown anunciou, na segunda-feira, que deixaria o cargo no partido.

Em seu anúncio neste sábado, Ed disse que estaria disposto a trabalhar para seu irmão, caso ele vencesse, e prometeu que a campanha será "civilizada".

"David é meu melhor amigo no mundo todo. Eu o amo muito. De jeito algum eu vou alfinetá-lo em público ou em 'off'", disse Ed.

Oposição Ele ainda brincou, dizendo que a mãe de ambos os candidatos já havia escolhido o seu candidato na disputa: o parlamentar John Cruddas, que ainda não decidiu se concorrerá.

Antes do anúncio de Ed, David Miliband já havia se manifestado sobre a possibilidade de concorrer contra seu irmão. David disse que a família se manteria "forte" em qualquer circunstância.

O Partido Trabalhista não conseguiu conquistar a maioria das vagas no Parlamento nas eleições do dia 6 de maio. O partido deixou o governo na terça-feira passada e voltou à oposição, após 13 anos no poder, sob o comando dos primeiros-ministros Tony Blair e Gordon Brown. Os conservadores, do novo primeiro-ministro David Cameron, assumiram o governo.

Além de David e Ed Miliband, outros dois ex-ministros de Brown também manifestaram interesse em concorrer à vaga de líder dos trabalhistas: o ex-ministro da Educação, Ed Balls, e o ex-ministro da Saúde, Andy Burnham.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host