UOL Notícias Notícias
 

09/06/2010 - 07h18

Grupo busca 'lar' para mais de cem equinos resgatados de maus tratos

A Sociedade Protetora dos Animais da Grã-Bretanha (RSPCA, na sigla em inglês) está fazendo um apelo para encontrar possíveis donos para uma centena de equinos resgatados de uma fazenda quase dois anos e meio atrás.

Os cavalos, pôneis e burros foram encontrados abaixo do peso, desidratados, famintos e doentes em uma fazenda em Amersham, a 40 quilômetros de Londres, em janeiro de 2008.

Em um caso que, à época, despertou atenções pela escala do crime, o dono da propriedade, James Gray, foi condenado a mais de seis meses de prisão.

Depois a pena foi elevada em dois meses porque, durante o processo, ele fugiu da Justiça e foi recapturado.

A responsável da RSPCA por encontrar novos lares para os animais, Sally Learoyd, disse que a instituição gastou cerca de 2,3 milhões de libras esterlinas (mais de R$ 6 milhões) em cuidados veterinários e despesas legais relativas aos animais.

Ela informou que 17 de 36 cavalos resgatados já foram reabilitados pela RSPCA e estão prontos para encontrarem um novo lar. Os outros estarão prontos para serem adotados em breve.

Sofrimento "Estes cavalos tiveram de passar por um sofrimento terrível", afirmou Learoyd. "Estamos procurando proprietários pacientes e experientes que tenham a infraestrutura, o tempo, o conhecimento e o dinheiro necessários para cuidar dos cavalos pelo resto de sua vida." Muitos dos equinos são pôneis. Diversos são animais jovens, que tinham cerca de um ano de idade quando foram resgatados.

A esposa do dono da fazenda onde os animais foram apreendidos e os três filhos do casal também foram considerados culpados pela Justiça britânica.

Julie Gray, 42, e suas filhas Jodie, 27, e Cordelia, 21, foram consideradas culpadas por duas ofensas criminais cada uma.

Já o filho adolescente do casal, James Gray Jr, 17, foi considerado culpado de 11 ofensas previstas na legislação de proteção dos animais de 2006. Ele foi absolvido de quatro das acusações.

O pai foi proibido pela Justiça de possuir cavalos, pôneis e burros pelo resto da vida. O resto da família enfrentará a mesma sanção por dez anos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host