UOL Notícias Notícias
 

14/06/2010 - 20h45

Irmão de presidente do Chile causa polêmica ao defender Pinochet

Um dos irmãos do presidente do Chile, Sebastián Piñera, defendeu o regime autoritário do ex-líder Augusto Pinochet (1973-1990) e comparou o ex-presidente chileno Salvador Allende (1970-1973), derrubado por Pinochet, ao líder nazista Adolf Hitler. As declarações do economista José Piñera, ex-ministro do Trabalho, Previdência Social e Minério de Pinochet, foram feitas em entrevista publicada pelo jornal argentino Perfil no último domingo e geraram uma grande polêmica no Chile nesta segunda-feira. Perguntado se considerava legítimo o golpe de Estado liderado por Pinochet, em março de 1973, ele respondeu que "infelizmente, a Constituição em vigor em 1973 no Chile tornava impossível a remoção de um violador da Constituição e da lei", em uma referência direta ao socialista Salvador Allende, morto durante a crise política no país. Segundo o diário, ele responsabilizou Allende pela situação a que o Chile chegou à época e o comparou a Hitler, que, segundo ele, "foi eleito democraticamente e virou um tirano". Polêmica Após a publicação da entrevista, o ministro do Interior do governo de Sebastián Piñera, Rodrigo Hinzpeter, disse que as afirmações do irmão do presidente são "repudiáveis". "Acho inconcebível, realmente não posso aceitar, que alguém compare o governo do ex-presidente Salvador Allende com o que foi o regime criminal de Adolf Hitler", disse Hinzpeter à rádio Cooperativa, de Santiago. Mais tarde, o irmão do presidente pediu a renúncia de Hinzpeter em uma mensagem publicada em seu perfil no site de microblogs Twitter. "Hinzpeter mente de maneira brutal e irresponsável. Ele deve pedir desculpas ou renunciar", afirmou. Já a senadora Isabel Allende, filha de Salvador Allende, disse que as declarações de José Piñera sobre seu pai são "grotescas". Na semana passada, o embaixador chileno na Argentina, Miguel Otero, pediu demissão após gerar polêmica ao dizer que "nem todos os chilenos sentiram o regime de Pinochet" e afirmar que o Chile seria hoje "como Cuba se não tivesse existido Pinochet".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host