UOL Notícias Notícias
 
13/07/2010 - 20h01

EUA enviam preso de Guantánamo de volta ao Iêmen

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira que o iemenita Mohammed Odaini, preso havia oito anos no centro de detenção da Baía de Guantánamo, em Cuba, foi enviado de volta a seu país.

Apesar da medida, o governo americano disse que a proibição de outras transferências de prisioneiros do Iêmen de volta ao país continua em vigor.

"A suspensão das repatriações de iemenitas presos em Guantánamo continua em vigor, devido à situação de segurança no país", diz um comunicado divulgado pelo Pentágono.

"No entanto, o governo respeita as decisões de tribunais federais americanos, que ordenaram a libertação de Odaini", diz o texto.

A libertação de Odaini foi determinada por um tribunal federal no dia 26 de maio, depois que o juiz Henry H. Kennedy Jr. chegou à conclusão de que ele não tinha qualquer ligação com a rede extremista Al-Qaeda e não havia justificativa para mantê-lo preso.

Odaini foi preso em 2002, no Paquistão, quando tinha 17 anos.

Segurança O governo do presidente Barack Obama suspendeu as transferências de presos de Guantánamo para o Iêmen há seis meses, em meio aos crescentes temores sobre o aumento da presença da rede Al-Qaeda em território iemenita.

Um braço iemenita da Al-Qaeda é acusado de estar por trás da tentativa frustrada de explodir um avião que viajava de Amsterdã, na Holanda, para Detroit, no dia de Natal do ano passado.

Segundo o comunicado do Pentágono, o governo americano vai trabalhar em conjunto com o governo iemenita para implementar as "medidas de segurança apropriadas" para a transferência do detento.

Calcula-se que a maioria dos 180 presos que permanecem no centro de detenção de Guantánamo seja do Iêmen.

De acordo com o Pentágono, desde 2002, quase 600 detentos de Guantánamo foram libertados e enviados para outros países.

O fechamento do centro de detenção em Guantánamo era uma promessa de Obama, que chegou a estipular o prazo de janeiro de 2010 para o fim das atividades na prisão. O prazo foi posteriormente adiado, e não há previsão para o fechamento.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host