UOL Notícias Notícias
 
20/07/2010 - 12h34

Alpinistas limpam 'zona da morte' no Everest

A mais de 8 mil metros de altitude, esta é a zona da morte, no topo do Evereste, e é também o local de uma operação de limpeza fora do comum.

O nível de oxigênio é baixo nessa altitude e o terreno é perigoso.

Mesmo assim, 20 alpinistas nepaleses estão recolhendo o lixo que outros deixaram para trás.

Materiais como cilindros de oxigênio vazios, barracas estragadas e cordas são abandonados por alpinistas cansados na descida da montanha, e ficam cobertos pela neve.

Mas o departamento de turismo do Nepal afirma que, por causa do aquecimento global, o gelo está derretendo e o lixo começa a ficar exposto.

O monte Everest é uma das principais fontes de renda do Nepal, um dos países mais pobres do mundo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host