UOL Notícias Notícias
 
25/08/2010 - 22h04

Cuba suspende fornecimento de cigarros subsidiados a idosos

O governo de Cuba anunciou que vai suspender o fornecimento de cigarros subsidiados a 2,5 milhões de idosos do país.

A partir do dia 1º de setembro, os cigarros não estarão mais disponíveis nos suprimentos que estes idosos recebem todos os meses do governo e eles terão que pagar o preço cobrado nas lojas do país.

Todos os cubanos de 55 anos ou mais velhos tem direito de receber três maços de cigarros fortes e um maço de cigarros suaves, junto com estes suprimentos.

O custo total destes quatro maços é de 6,5 pesos cubanos (cerca de R$ 3), cerca de um quarto do preço praticado nas lojas.

De acordo com o correspondente da BBC em Havana, Michael Voss, esta é a última medida do governo para cortar despesas. O presidente, Raul Castro, está tentando controlar as finanças de Cuba, que estão num estado precário.

Declaração
Trabalhadores cubanos recebem salários muito baixo. A média salarial fica em torno de US$ 20 (cerca de R$ 35).

No entanto, educação, saúde e habitação são de graça, com muitos produtos alimentícios subsidiados pelo governo.

Michael Voss afirmou que uma curta declaração publicada no jornal oficial do Partido Comunista cubano, o Granma, informa que os cigarros não são uma necessidade primária e que a medida visa limitar os subsídios do Estado.

Mas, segundo o correspondente da BBC em Havana, muitos idosos aumentam a pequena aposentadoria revendendo seus maços de cigarro.

Cuba foi muito afetada pela crise econômica mundial e poderá não ter mais os recursos para fornecer aos cidadãos os benefícios, da infância até a velhice, que tem fornecido.

O presidente Raul Castro já retirou alguns produtos alimentícios como batatas e ervilhas do pacote de suprimentos fornecido aos idosos. Há informações de que o sistema poderá até ser substituído por outro.

O sistema de fornecimento de suprimentos subsidiados foi introduzido em 1962 como uma forma de garantir produtos básicos para todos depois que os Estados Unidos impuseram o embargo comercial à ilha.

E, até 1990, todos os cubanos acima de 18 anos recebiam cigarros subsidiados, mas o sistema foi suspenso depois do colapso da União Soviética, que deixou Cuba quase falida.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,63
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,87
    65.667,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host