UOL Notícias Notícias
 
26/08/2010 - 05h10

Visita de Obama pode ter vindo tarde demais para evitar perdas com vazamento

Há duas semanas jornais do mundo inteiro publicaram uma foto do presidente americano, Barack Obama, mergulhando na praia de Panama City, na Florida.

Em uma visita de 26 horas à cidade, ao lado da primeira-dama, Michelle Obama, da filha mais nova, Sasha (a mais velha, Malia, estava em um acampamento de férias), e do cão de estimação da família, Bo, o presidente convocou seus "compatriotas americanos" a visitar a região.

"As praias ao longo da Costa do Golfo estão limpas e seguras", disse o presidente na ocasião, em uma tentativa de afastar os temores relacionados ao vazamento de petróleo na região.

A visita presidencial deu novo ânimo aos comerciantes e proprietários de estabelecimentos locais, mas apesar de representar uma ótima publicidade para a praia, pode ter chegado tarde demais.

Panama City é a praia mais popular do chamado Panhandle da Flórida, no oeste do Estado, e atrai principalmente famílias em férias escolares.

O ponto alto da estação turística na região são os meses de junho e julho, já que o ano letivo começa em agosto.

"Quando o presidente chegou (em 14 de agosto), as aulas já estavam começando, e as famílias não podiam mais sair de férias", diz Yonnie Patronis, proprietário de um restaurante na praia de Panama City.

Férias em família
Famosa por suas areias brancas, a praia não foi atingida pela mancha de petróleo, mas mesmo assim deixou de receber muitos visitantes, que preferiram passar as férias bem longe do Golfo do México depois do início do vazamento de petróleo, em abril.

A visita da primeira família pode não ter sido suficiente para salvar o faturamento deste ano, mas foi comemorada pela comunidade local.

"Foi realmente muito importante para nós. Para mostrar que nossa água é limpa, nossa praia é limpa, nossos frutos do mar são seguros para consumo", afirma o presidente do Convention & Visitors Bureau, Dan Rowe, responsável pela coordenação do setor de turismo na cidade.

"Eles vieram aqui e realmente se divertiram em família", diz Rowe.

A breve passagem da família presidencial por Panama City começou a ser arquitetada um mês antes, quando Michelle Obama foi à cidade.

Segundo Rowe, a influência da primeira-dama foi decisiva na escolha do destino. "São as mães que decidem as férias das famílias", diz.

Os Obama se engajaram em todas as atividades típicas de uma família em férias na praia: nadaram, fizeram um passeio pela baía, comeram frutos do mar e até jogaram minigolfe.

No entanto, depois de passar um fim de semana em Panama City e de apelar aos americanos para que fizessem o mesmo, a família foi desfrutar de suas férias na ilha de Martha's Vineyard, no Estado de Massachusetts.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host