UOL Notícias Notícias
 
28/08/2010 - 22h01

Chile trabalha em 'plano B' para resgatar mineiros presos

As autoridades responsáveis pelo resgate dos 33 mineiros presos há três semanas em uma mina no norte do Chile estão analisando um "plano B" que poderia diminuir os prazos da operação e antecipar a saída dos trabalhadores em 30 dias.

Os engenheiros estudam a possibilidade de alargar o último duto escavado no local, que foi aberto na última quinta-feira e atualmente está sendo usado como uma terceira conexão com o abrigo onde estão os mineiros, há quase 700 metros de profundidade.

"(O duto) foi projetado para fornecer ventilação, mas o plano B seria usá-lo para as tarefas de resgate", afirmou o engenheiro André Sougarret, que coordena o trabalho de resgate.

Por esta terceira entrada os mineiros recebem um fluxo de oxigenação seco e fresco para melhorar as condições do refúgio, que tem temperaturas elevadas e muita umidade. Com isso, os engenheiros também visam melhorar as condições de saúde dos trabalhadores.

A máquina que poderia alargar este duto demoraria de três a cinco dias para chegar ao local, pois está em uma outra mina no extremo norte do Chile.

Enquanto os engenheiros analisam este "plano B", a furadeira hidráulica especial que será usada para criar uma via de escape para os 33 mineiros começou a ser montada neste sábado.

"Terminamos de montar a plataforma para a máquina. Esperamos que entre domingo e segunda possamos começar a perfurar", afirmou Sougarret.

O equipamento perfurará um túnel vertical de 60 a 70 centímetros de diâmetro para permitir que uma cápsula seja baixada até o local onde estão os mineiros.

No entanto, mesmo com a perfuração contínua que esta perfuradora pode fazer, o trabalho de resgate deve levar vários meses e a estimativa é de que os mineiros possam ser resgatados até o Natal.

O objetivo dos engenheiros então seria manter os dois processos de perfuração simultaneamente. Mas, uma das questões que mais preocupa os especialistas é uma possível "instabilidade na zona alta, onde será aberto o poço maior, pois não sabemos o que poderemos encontrar".

Depressão Na sexta-feira, o ministro da Saúde do Chilel Jaime Mañalich, afirmou que cinco dos 33 mineiros aparentam sinais de depressão.

Eles não estariam se alimentando bem e se recusaram a aparecer no vídeo de 45 minutos no qual os mineiros foram filmados com mensagens às suas famílias, na noite de quinta-feira.

Segundo Mañalich, psicólogos tentarão tratar os mineiros com depressão a partir da superfície por meio da comunicação por um sistema de interfone.

Os mineiros estão presos desde o dia 5 de agosto, quando o principal acesso ao túnel da mina ruiu. Eles conseguiram se abrigar em um refúgio, com acesso limitado a água e comida, a quase 700 metros de profundidade.

Bilhete A sobrevivência dos 33 mineiros só foi descoberta mais de duas semanas após o acidente, quando uma sonda chegou ao local onde eles estavam e voltou com um bilhete dos trabalhadores.

Os mineiros estão recebendo alimentos, oxigênio e medicamentos por canos.

Segundo o correspondente da BBC James Reynolds, que está na entrada da mina San José, os parentes dos mineiros foram convocados a escrever mensagens aos seus familiares presos com a maior frequência possível, numa tentativa de manter seus ânimos em alta até o resgate.

Os mineiros também foram orientados a seguir um programa especial de exercícios e recreação nesse período para mantê-los fisicamente e mentalmente preparados para a longa espera.

Eles também receberam instruções para usar luzes para diferenciar o dia e a noite.

Na próxima semana, médicos da Nasa, a agência espacial americana, especialistas em manter astronautas com boa saúde durante longas missões em espaços confinados, devem chegar ao Chile para ajudar os médicos que acompanham os mineiros.

Como será feito o resgate dos mineiros

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host