UOL Notícias Notícias
 
29/08/2010 - 13h57

Mineiros no Chile receberão videogames e DVDs para espantar depressão

O governo do Chile decidiu enviar aos 33 mineiros presos há três semanas numa mina no norte do país novos instrumentos para aliviar o tédio: videogames, DVDs e tocadores de música em MP3 para entretê-los e mantê-lo com o moral elevado.

A lista de objetos que os mineiros receberão nos próximos dias é bastante ampla, e vai desde consoles de PlayStation e projetores de filmes a meias com fios de cobre que protegem contra infecções de fungos e bactérias.

O ministro da Mineração do Chile, Laurence Golborne, confirmou ainda neste domingo que serão possíveis as comunicações diretas dos mineiros com seus familiares durante períodos curtos, de "ao menos um minuto".

As informações foram divulgadas um dia após o governo chileno ter confirmado que estuda outras alternativas para acelerar o resgate dos trabalhadores presos a 700 metros da superfície na mina San José, no deserto do Atacama.

O prazo inicial para o resgate dos mineiros é de cerca de quatro meses.

Depressão A lista de produtos que os mineiros receberão, publicada neste domingo por vários jornais chilenos, inclui ainda xampú, ropa térmica, toalhas e camas desmontáveis improvisadas.

As autoridades crêem que o envio dos produtos poderá ser um método para que os mineiros lutem contra sintomas de depressão ou moral baixo.

Na sexta-feira, o ministro da Saúde, Jaime Mañalich, afirmou que 5 dos 33 mineiros apresentavam sinais de depressão. No sábado, porém, Mañalich afirmou que os sinais de depressão entre os cinco haviam diminuído.

Golborne confirmou que os engenheiros estão trabalhando para ampliar o diâmetro do terceiro túnel vertical de acesso pelo qual se enviam os objetos aos mineiros, dos atuais 10,2 centímetros para 30,5 centímetros, para que se possa baixar à mina objetos maiores.

Neste momento existem três sondas em operação para o envio de produtos básicos - uma para oxigênio e as outras duas para alimentos, remédios, produtos de higiene pessoal e mudas de roupa.

Sobrevivência Os mineiros estão presos desde o dia 5 de agosto, quando o principal acesso ao túnel da mina ruiu. Eles conseguiram se abrigar em um refúgio, com acesso limitado a água e comida, a quase 700 metros de profundidade.

A sobrevivência dos 33 mineiros só foi descoberta mais de duas semanas após o acidente, quando uma sonda chegou ao local onde eles estavam e voltou com um bilhete dos trabalhadores.

Segundo o correspondente da BBC James Reynolds, que está na entrada da mina San José, os parentes dos mineiros foram convocados a escrever mensagens aos seus familiares presos com a maior frequência possível, numa tentativa de manter seus ânimos em alta até o resgate.

Os mineiros também foram orientados a seguir um programa especial de exercícios e recreação nesse período para mantê-los fisicamente e mentalmente preparados para a longa espera.

Eles também receberam instruções para usar luzes para diferenciar o dia e a noite.

Na próxima semana, médicos da Nasa, a agência espacial americana, especialistas em manter astronautas com boa saúde durante longas missões em espaços confinados, devem chegar ao Chile para ajudar os médicos que acompanham os mineiros.

Como será feito o resgate dos mineiros

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host