Publicidade


    
NÃO PERCA!
Veja o que rola em cinema, arte, música e mais
 



Ouças os sambas de
enredo das escolas do
Rio e São Paulo



Fique por dentro da folia em Olinda e Recife




Rádio AM destaca o Carnaval de Rio e SP


Crie aqui o seu fotoblog
de Carnaval









PARTICIPE

ADORO CARNAVAL

ODEIO CARNAVAL

OUTROS CARNAVAIS
TV UOL

FOTOS DE 2003

FOTOS DE 2002

FOTOS DE 2001




 

01/03/2003 - 23h15
Casa Verde empolga o público com a história de Nhô João

Da Redação

A Império de Casa Verde cobriu o Sambódromo de verde e azul em uma homenagem a João de Camargo Barros, "Nhô João", preto velho milagreiro que nasceu e viveu em Sorocaba. A escola empolgou o público, que dançou e cantou junto o refrão do enredo "Nhô João Preto Velho, Milagreiro e Profeta de Todos os Deuses lá pelas Bandas de Cafundó".

A vida de Nhô João e a história de Sorocaba foram contadas num desfile com muito luxo e cuidado em relação aos detalhes. Houve preocupação até mesmo com os calçados dos foliões: nas alas, todos usavam o mesmo tipo de sapatos. O acabamento dos carros alegóricos também mereceu destaque.

Uma das alas da escola mostrava o momento mais difícil da vida do preto velho, quando Nhô João teve problemas com o alcoolismo. A ala seguinte representava o "momento de iluminação" do escravo, que conseguiu se livrar do vício e passou a realizar milagres, curando as pessoas através do uso de plantas.

A escola evitou usar imagens católicas no desfile, para evitar problemas com a "mistura" de religiões.