Carnaval 2005
BUSCA


08/02/2005 - 03h05
Portela barra velha guarda em desfile na Sapucaí

Da redação

A Portela terminou de modo tumultuado seu desfile, o quarto da segunda noite do Grupo Especial do Rio de Janeiro. A escola teve diversos problemas com carros alegóricos, e a Velha Guarda teve de passar pela Marquês da Sapucaí já sem samba, mais de meia hora depois do fim do desfile.

Para evitar a perda de pontos com atraso no tempo de desfile, a diretoria da escola optou por descartar a entrada da ala da velha guarda e do último carro alegórico na avenida. Com o final do desfile, o portão de entrada para a Sapucaí foi fechado antes que a Velha Guarda pudesse entrar na avenida. Os integrantes da escola ficaram revoltados e alguns chegaram a passar mal, sendo atendidos no posto médico. A Liga das Escolas autorizou que a ala e o carro passassem pela avenida após o término do desfile, e já sem samba, o público prestou emocionante homenagem aos passistas.

O desfile da Portela foi tenso desde o início. Os problemas que a escola teve com seu carro abre-alas, que pegou fogo no barracão dois dias antes do desfile, continuaram momentos antes da escola entrar na avenida.

Apesar do esforço feito para reconstruir o carro a tempo para a apresentação, a escola teve mais um problema de última hora e a tradicional águia prateada que abre o desfile entrou na Marquês de Sapucaí sem suas asas, o que levou alguns membros da escola às lágrimas. Este problema acabou atrapalhando toda a harmonia e evolução da Portela, o que acarretou o insólito episódio com a velha guarda ao fim do desfile.

O desfile da Portela também começou atrasado, devido a um carro da Viradouro, escola que se apresentou antes, que quebrou e teve que ser rebocado para liberar a passagem no sambódromo.

A escola apresentou enredo sobre as metas da ONU para um mundo melhor. Temas como a erradicação da fome e pobreza, combate à AIDS e ao trabalho infantil, redução da mortalidade infantil, desarmamento e igualdade foram abordados pela escola em um desfile que levantou o público da Sapucaí.

A Portela se apresentaria com 4500 componentes divididos em 43 alas, e ao final levou para a avenida 7 carros alegóricos. Entre as personalidades que desfilaram estavam Valéria Valenssa, madrinha da bateria, Zeca Pagodinho, padrinho da bateria, a top-model Naomi Campbell - que debutou no Carnaval do Rio -, o humorista Renato Aragão, a atriz Solange Couto, o grupo Rouge e os compositores Marisa Monte e Paulinho da Viola.

Antes da Portela, Porto da Pedra, Caprichosos de Pilares e Unidos de Viradouro se apresentaram na segunda noite de desfiles do Grupo Especial do Carnaval do Rio. Ainda entram hoje na Marquês de Sapucaí a Imperatriz Leopoldinense, Grande Rio e Beija-Flor.

ÍNDICE DE CARNAVAL 2005 IMPRIMIR ENVIE POR EMAIL


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
07/12/2005

19h26- Ford planeja reestruturação mais drástica do que o esperado

19h25- Cotações do ouro nos principais mercados latino-americanos

09/11/2005

20h44- Ingressos para o Carnaval 2006 de São Paulo começam a ser vendidos

15h50- Luiza Brunet está fora do Carnaval 2006

08/11/2005

15h45- Sem Monique Evans, escola de samba inscrições para rainha da bateria

16/10/2005

16h32- Petroleira venezuelana quer patrocinar a Unidos de Vila Isabel

13h30- Claudete Troiano mostra que tem gingado na quadra da Tom Maior

15/10/2005

17h48- Vera Gimenez diz que o coração de Luciana continua sendo da Grande Rio