Carnaval 2006
BUSCA


Últimas Notícias
28/02/2006 - 06h15
Unidos da Tijuca retrata música e cinema na Sapucaí



Por Adriana Garcia

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Unidos da Tijuca resolveu fazer um tributo a vários estilos musicais e filmes em seu desfile deste ano, o quinto da madrugada de terça-feira no sambódromo do Rio de Janeiro, com o enredo "Ouvindo tudo o que vejo, vou vendo tudo o que ouço".

A escola, vice-campeã de 2005, é conhecida por suas alegorias humanas, que exploram as potencialidades de coreografias e movimentações de um grupo grande de pessoas atuando em sincronia nos carros alegóricos.

São criações fruto da imaginação do carnavalesco Paulo Barros, que este ano partiu de uma homenagem ao compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart, quando se comemoram os 250 anos de seu nascimento.

O objetivo é trazer um novo título para renovar a escola, uma das mais antigas do Rio, já que sua última premiação aconteceu em 1936.

A primeira parte do desfile resgatou nomes da música brasileira, como Dorival Caymmi, e antigos sambistas, que apareceram com suas fotos estampadas em baluartes e também no carro alegórico que prestigiava as mulatas.

Sambistas com fantasias que lembravam o astro do cinema mudo Charles Chaplin e figurinos do musical Dançando na Chuva preencheram algumas das alas. O terceiro carro foi um dos mais esperados da noite.

Trouxe várias bicicletas suspensas nas quais aparecia o E.T. do filme de Steven Spielberg com o coração vermelho batendo no peito.

Fora isso, também fez sucesso o carro alegórico construído com 23 fuscas pretos, em homenagem à música de sucesso nos anos 1980, com o ícone televisivo Chacrinha como destaque.

Outra armação humana que funcionou foi o carro que imitava o cenário de uma discoteca com panos cobrindo o palco. Conforme a escola evoluía, uma hora as cortinas se abriam para vários sósias do cantor Michael Jackson dançarem, e outra davam espaço a outros dançarinos, que encarnavam o astro Elvis Presley.

Eles davam início ao trecho que homenageou o rock and roll. Nos momentos finais, apareceu todo um bloco destinado à música espanhola, com toureiros e dançarinas de flamenco. Para fechar, um carro com integrantes vestidos de branco que exibiam a bandeira da Tijuca e de outras escolas. Entre as cores, imperaram o branco e o dourado, com alguns toques de preto.

E, embora a escola não tenha trazido novidades supreendentes em relação ao desfile do ano passado, seus integrantes terminaram a apresentação animados.

"A comunidade está esperançosa (pela vitória) e a escola veio com garra", disse a assistente social Solange Macelo, 54, que desfila na Unidos da Tijuca desde os 7 anos de idade, apostando em um desfecho feliz para a escola de 3.500 integrantes.

ÍNDICE DE CARNAVAL 2006 IMPRIMIR ENVIE POR EMAIL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
15/01/2007

16h21- James Bond, mito da nossa época, vira objeto de estudo de intelectuais em Paris

09/01/2007

20h38- Os prováveis candidatos ao Oscar

20h20- Ingressos para o Carnaval de São Paulo serão vendidos em pontos em SP, RJ e MG

16/11/2006

19h46- Preta Gil será rainha de bateria da Mangueira

06/06/2006

10h55- Sapucaí terá viagem da Noruega à Africa no Carnaval 2007

21/03/2006

10h46- Cotações do Banco Central Europeu (BCE)

05/03/2006

19h03- Mulher é baleada em desfile das campeãs do Rio; Tijuca causa polêmica

18h54- Em programa de rádio, Chávez comemora vitória de Vila Isabel